Sarri explica saída de Ronaldo: «Ele estava zangado porque não se sentia bem»

CR7 foi substituído quando ainda estava 1-1 no Lokomotiv-Juventus

A carregar o vídeo ...
A troca de palavras entre Sarri e Cristiano Ronaldo após inesperada substituição

Maurizio Sarri explicou que tirou Cristiano Ronaldo aos 82' do Lokomotiv-Juventus, quando ainda estava 1-1 - os italianos acabariam por vencer com golo nos descontos -, por motivos físicos. Segundo o treinador dos bianconeri, o internacional português tinha algumas queixas e entendeu-se que não valia a pena arriscar.

"Se ele ficou chateado? Sim, mas porque não se sentia bem. Há já alguns dias que vem sentindo algo no joelho. Não estava bem do joelho e tinha ainda uma inflamação num adutor. Quis tirá-lo para evitar correr riscos", referiu o timoneiro após o encontro. Recorde-se que CR7 saiu de rosto fechado e trocou algumas palavras com Sarri quando se dirigia para o banco de suplentes, como pode ver no vídeo em cima.

Refira-se que a Juventus levou a melhor em Moscovo e apurou-se para os oitavos de final da Liga dos Campeões.

As imagens de um jogo estranho para Ronaldo: do golo a meias ao bate-boca visto de outro ângulo

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.