Sérgio Oliveira: «Sou adepto do FC Porto e se estivesse de fora estaria orgulhoso da equipa»

Médio do FC Porto analisou a vitória sobre o Chelsea, que acabou por ser insuficiente para manter a equipa lusa em prova

• Foto: Movephoto

Depois de falhar o jogo da primeira mão por suspensão, Sérgio Oliveira foi esta terça-feira lançado por Sérgio Conceição de início no meio-campo do FC Porto frente ao Chelsea. Apesar dos momentos de alguma superioridade portista e do golo apontado por Mehdi Taremi já no período de descontos, os dragões acabaram por dizer adeus à mais importante competição de clubes europeus.

Em declarações à TVI após o final do jogo, o internacional português não escondeu o orgulho que sente nos restantes companheiros de equipa, afirmando que "acaba por ser frustrante e triste" a eliminação.

"Acaba por ser frustrante e triste, mas é o futebol e temos de estar orgulhosos do trajeto que fizemos nesta Champions e mesmo nesta eliminatória com o Chelsea. Em muitos momentos até fomos superiores ao Chelsea. Em dois jogos com eles, fomos penalizados com duas falhas de atenção, mas os erros nunca são individuais e sim de toda a equipa. Agora temos de seguir em frente para o nosso campeonato, que é o nosso principal objetivo", começou por dizer o médio dos azuis e brancos.

Que estratégia estava delineada?

"O Chelsea veio com a ideia para este jogo de gerir um pouco o tempo, pois estava com dois golos de vantagem. Tentaram acalmar a nossa pressão alta e intensidade que metemos no jogo, houve momentos em que até conseguiram, mas nós conseguimos impor a nossa intensidade e foi pena aquele grande golo tão tarde no jogo, mas volto a frisar: temos de estar muito orgulhosos do percurso que fizemos nesta Champions. Tínhamos dois golos de desvantagem e claro que queríamos marcar o mais cedo possível, mas não deu. Não conseguimos o nosso objetivo e é isto o futebol", terminou.

Na Eleven Sports, Sérgio Oliveira acrescentou: "Sou adepto do FC Porto e se estivesse da parte de fora estaria orgulhoso desta equipa. Jogámos de igual para igual e mostrámos que somos fortes", concluiu.

Por António Mendes
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.