Sorteio da fase de grupos: tudo o que precisa de saber

Benfica, FC Porto e Sporting conhecem adversários

O Fórum Grimaldi, no Mónaco, volta a ser o palco da Gala da UEFA, cerimónia na qual se realizará o sorteio da fase de grupos da 26ª edição da Champions, desde que a prova adoptou o nome. A partir das 17h00 (de Lisboa), os três maiores clubes portugueses vão saber quais os adversários com os quais vão medir forças a partir de 12 de setembro.

Benfica e FC Porto já estavam qualificados, o Sporting juntou-se aos rivais. Será a sexta vez em que vão estar três clubes portugueses na fase de grupos da Champions, situação que não deve repetir-se nas próximas épocas pois em 18/19 há menos uma vaga.

O sorteio obedece à condicionante habitual: nenhuma equipa pode calhar no mesmo grupo de outra do mesmo país. De resto, estão divididas como sempre: os campeões dos oito países mais bem classificados no ranking estão no pote 1 e, a partir daí, todas as equipas foram ordenadas em função do respetivo coeficiente.

Seguindo esta lógica, o Benfica devia ter a vida mais facilitada mas, olhando para os potes, pode não ser assim. Os encarnados vão ter sempre um ‘tubarão’ (do pote 2) no caminho, já o FC Porto pode calhar no grupo de Spartak ou Shakhtar como cabeça de série. 

Muito provável terceira vitória de Cristiano Ronaldo

A gala desta tarde não se vai resumir a sortear os clubes para a fase de grupos da Champions. Durante a festa serão anunciados vários prémios relativos à época passada, entre eles o de melhor jogador europeu 16/17.

No lote de finalistas está Cristiano Ronaldo, acompanhado pelo argentino Leonel Messi e pelo italiano Gigi Buffon. Se o português do Real Madrid e o atacante do Barcelona são presenças habituais, já o nome do guarda-redes da Juventus surpreende, não pela qualidade mas pela posição que ocupa.

A eleição deixará, salvo uma grande surpresa, um dos dois melhores futebolistas deste século em vantagem sobre o rival. Isto porque Cristiano Ronaldo já recebeu a distinção duas vezes (2014 e 2016) e Lionel Messi o mesmo número (2011 e 2015).

Numa época na qual venceu a Champions – foi também o melhor marcador – e a Liga espanhola, o português é mesmo o favorito nesta eleição.

Por Miguel Amaro
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.