Um ano depois de Gonçalo Guedes... Oblak volta a sofrer em casa

Azmoun, do Rostov, bateu o guardião esloveno do At. Madrid

• Foto: Paulo Calado e Reuters

Um ano e um mês depois, Jan Oblak voltou a sofrer golos a jogar em casa na Liga dos Campeões. O autor da proeza foi o iraniano Sardar Azmoun, do Rostov, que ao bater o esloveno conseguiu fazer aquilo que alguns dos avançados com mais nome do Mundo não conseguiram: superar a muralha eslovena. Contudo, apesar do feito, os russos sairam derrotados do Calderón, por 2-1.

Com efeito, antes de Azmoun, havia sido Gonçalo Guedes a conseguir colocar a bola no fundo das redes colchoneras, quando em 30 de setembro do ano passado fixou o triunfo por 2-1 do Benfica sobre o At. Madrid, naquela que é, também, a única derrota de Diego Simeone em jogos caseiros da Champions.

Foram, então, seis encontros sem encaixar qualquer golo na prova máxima de clubes da Champions, contando com duelos diante de Astana (4-0), Galatasaray (2-0), PSV (0-0), Barcelona (2-0) e Bayern Munique (1-0 e 1-0).

Os colchoneros, recorde-se, têm um registo de 15 vitórias, 3 empates e 1 desaire em casa sob o comando de Diego Simeone em jogos da Champions.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.