Verratti queria vermelho para Enzo: «O árbitro disse que não foi com intensidade e tenho o tornozelo inchado»

Médio do Paris Saint-Germain recordou as reuniões de árbitros no início da época

• Foto: Getty Images
Marco Verratti não ficou convencido com a cor do cartão de Enzo Fernández, ao minuto 45, um lance que foi analisado pelo especialista Record Jorge Faustino. O médio do Paris Saint-Germain queria que o jogador do Benfica fosse expulso com vermelho direto, algo que não aconteceu.

"Falei com o árbitro e já não entendo mais nada de futebol. No início do campeonato, eles [árbitros] fazem reuniões connosco para nos explicar que se colocarmos o pé assim, acima do tornozelo, é cartão vermelho. Ele disse que não havia intensidade [para vermelho]. Eu estou com o tornozelo inchado. Se houvesse mais intensidade, tinha ficado com o tornozelo partido", declarou ao Canal Plus.

Sobre o jogo, que terminou empatado na Luz (1-1), o internacional italiano deu mérito às águias.

"Jogamos sempre para ganhar. Foi muito difícil contra o Benfica, eles têm bons jogadores. Sofremos um pouco nos primeiros 10 ou 15 minutos, mas é normal, é um jogo da Champions League, com o público e o ambiente todo. Depois, começámos a dominar. Na segunda parte, tivemos várias oportunidades muito claras que devem ser golos na Liga dos Campeões pois não temos 10 oportunidades por jogo. Não conseguimos, mas tentámos até o fim e demos tudo o que podíamos. Quando não podemos vencer, temos que saber que não podemos perder. Na próxima semana jogaremos em casa e teremos de conquistar os três pontos", vincou Verratti.
Por Flávio Miguel Silva
27
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas