Villas-Boas: «Jonas e Mitroglou são das duplas mais fortes da Europa»

Treinador do Zenit elogia momento do Benfica

• Foto: DR

O treinador do Zenit São Petersburgo, André Villas-Boas, disse este domingo que o Benfica vive um momento de "euforia, alegria e confiança", a duas semanas do primeiro duelo para os oitavos de final da Liga dos Campeões.

"A eliminatória estará sempre equilibrada, porque são os oitavos de final da Liga dos Campeões e nenhuma das equipas está para facilitar. Na altura do sorteio, o Benfica não estaria a passar pela fase tão positiva em que está agora e o momento de euforia, de alegria e de confiança é completamente diferente", afirmou o técnico português.

Aproveitando a pausa de inverno nas competições internas, a equipa russa está a efetuar um estágio de uma semana e meia numa unidade hoteleira de Almancil, no concelho de Loulé.

A visita ao Algarve inclui a participação na Taça Atlântico, defrontando o Brondby, na segunda-feira, e o Norrkoping, na quinta-feira, ambos no Estádio Algarve.

Em conversa com os jornalistas após o treino matinal de domingo, André Villas-Boas distribuiu elogios a vários jogadores encarnados, especialmente Renato Sanches, que vive "um momento incrível de afirmação como jovem jogador", a um nível "que surpreende todo o mundo", e Jonas e Mitroglou, "uma das duplas mais fortes da Europa, pelos golos que têm marcado".

"As equipas foram mudando. O Benfica é um pouco diferente do que defrontámos no ano passado, com a ascensão que tiveram alguns jovens jogadores e com o trabalho do [treinador] Rui Vitória", acrescentou o técnico português, que orienta o Zenit desde março de 2014.

Sobre as semelhanças entre o Benfica de Rui Vitória e Jorge Jesus, André Villas-Boas sublinhou que, "se calhar, mais, o Jorge Jesus do que o Rui Vitória, procura encontrar essas semelhanças", antes de voltar a deixar elogios ao atual treinador dos encarnados.

"Cada equipa é a sua equipa e responde à imagem do treinador e o Rui Vitória conseguiu finalmente triunfar e encontra-se neste momento em posição de ameaçar o título e tornar o Benfica tricampeão", sustentou.

Para o Zenit, que não joga oficialmente desde 5 de dezembro e voltará à ação no dia 16 de fevereiro, no Estádio da Luz, o "grande desafio" passa por voltar a ganhar "ritmo competitivo" para enfrentar "um jogo da dimensão da Liga dos Campeões".

André Villas-Boas, que conta com três reforços de inverno (Maurício, Zhirkov e Kokorin) para o duelo com o Benfica, assumiu que o objetivo passa por "estar competitivo nesse primeiro jogo e levar a eliminatória para a segunda mão", em São Petersburgo.

O treinador português, que se sagrou campeão nacional no FC Porto, em 2011 - juntando Supertaça, Taça Portugal e Liga Europa na mesma temporada -, comentou ainda a entrada de José Peseiro para o comando técnico dos 'dragões', depois da saída do espanhol Julen Lopetegui.

"Infelizmente, houve mais uma mudança de treinador no FC Porto. Só desejo ao José Peseiro o maior sucesso, porque está a liderar o clube do qual sou adepto", considerou, acrescentando que enfrentará um grande desafio face aos "empolgados" Sporting e Benfica.

"Seguramente, o Benfica-FC Porto [marcado para 14 de fevereiro] jogará muito nesse aspeto. No aspeto motivacional, no aspeto de o FC Porto ambicionar com o título", anteviu.

André Villas-Boas espera regressar à "cadeira de sonho", como caracterizou o cargo de treinador do FC Porto, em 2010, mas não quer "antecipar o futuro".

"Irá acontecer quando tiver de acontecer e em que posição for", disse o treinador, que não renovará com o Zenit e voltará a Portugal após o fim da época, à espera de propostas.

"Se não se apresentar nada, parar um pouco e, por que não, ter um ano sabático", concluiu.

Por Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.