Bruno Baltazar quer bater Progrès sem pensar em vinganças

Técnico português do AEL vai encontrar o 'carrasco' de Pedro Caixinha

• Foto: Filipe Farinha

O desaire do Rangers de Pedro Caixinha diante do modesto Progrès Niedercorn surpreendeu meia Europa. A derrota dos escoceses na 1ª pré-eliminatória da Champions deixou os adeptos dos protestantes de cabelos em pé. Mas, depois de Pedro Caixinha, a equipa do Luxemburgo vai ter nesta 2ª pré-eliminatória outro português pela frente. Bruno Baltazar comanda os cipriotas do AEL e sabe bem o que a sua equipa tem de fazer para vencer no Luxemburgo.

"Vi o primeiro jogo entre o Rangers e o Progrès Niedercorn em vídeo, mas tive possibilidade de ver a 2ª mão ao vivo. É uma equipa muito competitiva, unida. Muito complicada. Acredito que se formos sérios como aconteceu na eliminatória passada, temos muitas possibilidades de seguir em frente na competição. Estou muito otimista. Vingar o Pedro Caixinha? Não vejo as coisas dessa forma. Quero que todos os treinadores portugueses tenham sucesso, claro, mas aqui não se trata de patriotismo. Não vou para este jogo com qualquer sentimento de vingança", reiterou Bruno Baltazar a Record.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga Europa

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0