Camisola a elogiar Putin pode valer 10 jogos a Tarasov

Médio do Lokomotiv enfrenta pena pesada

• Foto: Reuters

O futebolista russo Dmitri Tarasov, jogador do Lokomotiv Moscovo, pode ser punido com, pelo menos, 10 jogos de suspensão, por exibir uma camisola com elogios ao presidente Vladimir Putin, noticia esta quarta-redes a agência desportiva R-Sport.

Após o jogo dos 16 avos de final da Liga Europa, com os turcos do Fenerbahçe, que o Lokomotiv perdeu por 2-0, o médio retirou o equipamento da equipa moscovita, mostrando outra camisola com a imagem de Putin envergando um uniforme militar e a frase "o presidente mais educado".

"Ele é o meu presidente. Respeito-o e decidi mostrar que estarei sempre ao seu lado", disse Tarasov à R-Sport, que cita uma fonte da UEFA para indicar que o jogador, de 28 anos, "pode ser punido com uma suspensão mínima de 10 jogos".

O regulamento disciplinar do organismo que rege o futebol europeu proíbe "todas as formas de propaganda política, ideológica e religiosa" e Igor Lebedev, membro do Comité Executivo da Federação Russa de Futebol, já disse que "o patriotismo demonstra-se no campo e não através das camisolas".

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga Europa

Notícias

Notícias Mais Vistas