Rio Ave e Arouca iniciam percurso com destino à fase de grupos

Clubes disputam terceira pré-eliminatória

• Foto: Manuel Azevedo

Arouca e Rio Ave iniciam na quinta-feira as respetivas aventuras europeias na época de 2016/17, com as visitas aos holandeses do Heracles e dos checos do Slavia de Praga, respetivamente.

A terceira pré-eliminatória da Liga Europa marca a estreia do Arouca, quinto classificado na última edição da Liga NOS, num embate com os sextos classificados da fase regular do campeonato holandês e presentes na competição continental pela primeira vez, depois de vencerem o playoff de acesso.

Na quinta-feira, no Estádio Polman, em Almelo, os dois estreantes começam a definir os seus destinos na prova, mas o conjunto comandado por Lito Vidigal poderá ter alguma vantagem por receber os holandeses na segunda mão.

Na preparação para este embate, o Arouca venceu os cinco jogos que disputou, dois com primodivisionários, dois com equipas da Segunda Liga e um frente ao Mealhada, com um saldo de 21 golos marcados e apenas um sofrido.

Já o Rio Ave vai iniciar na capital checa a sua segunda experiência na Liga Europa, conquistada graças ao sexto lugar na Liga NOS, depois de ter chegado à fase de grupos em 2014/15, quando superou os suecos do IFK Gotemburgo, na terceira pré-eliminatória, e Elfsborg, no playoff.

Os vila-condenses, sob o comando de Pedro Martins, venceram então um jogo, o último, na receção aos dinamarqueses do Aalborg (2-0), e empataram outro, também em casa, diante do Steaua de Bucareste (0-0), somando quatro desaires.

Agora, com Nuno Capucho como treinador principal, o Rio Ave tenta repetir o apuramento e juntar-se ao Sporting de Braga na fase de grupos, tendo pela frente o quinto colocado da Liga chega da época passada, que já teve de superar o Levadia, na segunda pré-eliminatória, graças à vitória por 2-0 em casa, depois de um desaire por 3-1 na Estónia.

Igualmente positivo é o registo do Rio Ave até agora, apesar de ter cumprido apenas jogos particulares, sete, nos quais somou cinco vitórias, com destaque para o triunfo frente ao Sporting Gijón, por 1-0, uma derrota frente ao Vitória de Guimarães (3-2) e um empate diante do FC Porto (1-1).

Apesar de ter estado afastado das competições europeias nas últimas cinco épocas, o historial do Slavia é outro obstáculo para o Rio Ave, com destaque para a chegada às meias-finais da Taça UEFA em 1995/96 e a presença na fase de grupos da Champions em 2007/08.

Além dos embates com formações lusas, destaque para a entrada em competição de West Ham, Hertha Berlim, Sassuolo, Lille, Saint-Étienne, Spartak Moscovo e AZ Alkmaar, frente a equipas mais ou menos modestas como Domzale, Brondby, Lucerna, Qabala, AEK Atenas, AEK Larnaca e PAS Giannina, respetivamente.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga Europa

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.