Tapsoba: «Vou falar com o Marega e ele vai dizer-me o que se passou»

Defesa ex-V. Guimarães reconheceu dificuldades no triunfo sobre os dragões e falou dos insultos racistas ao maliano

• Foto: Lusa/EPA

O Bayer Leverkusen venceu esta quinta-feira o FC Porto por 2-1 e colocou-se em vantagem nos 16avos de final da Liga Europa. Na análise ao encontro o defesa Edmond Tapsoba, que no último mercado de janeiro se transferiu do V. Guimarães para reforçar o emblema alemão, afirmou que "foi um grande jogo entre duas grandes equipas, mas ainda não acabou".

"Vamos ao Porto, mas temos tudo para ganhar. Ficou difícil para nós depois do segundo golo, baixámos a intensidade e depois de o FC Porto marcar complicou-nos ainda mais. Tentámos defender o resultado, mas foi muito difícil", acrescentou o jogador de 21 anos, na flash interview. 

Tapsoba assumiu que não deu quaisquer dicas ao técnico dos farmacêuticos sobre os dragões e vincou ainda as diferenças que encontrou no futebol alemão relativamente ao português.

"Não dei informações nenhumas ao treinador sobre o FC Porto… O futebol alemão é muito diferente do português, aqui há mais intensidade, mas vou fazer tudo para me adaptar o mais rápido possível. Os colegas ajudam-me e agradeço a confiança do treinador. Vou continuar a trabalhar para continuar no onze inicial", sustentou o central.

Caso com Marega em Guimarães

"Vou falar com o Marega e ele vai dizer-me o que se passou. É muito feio para o futebol... Triste... No futebol não há espaço para o racismo."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga Europa

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0