UEFA abre procedimento disciplinar após cânticos racistas de adeptos da Lazio

Situação ocorreu no duelo diante do Sparta Praga

• Foto: Reuters

A UEFA abriu esta sexta-feira um procedimento disciplinar contra a Lazio em face dos cânticos racistas entoados pelos seus adeptos no jogo de quinta-feira dos oitavos de final da Liga Europa contra o Sparta de Praga.

A partida, que terminou com um empate 1-1, esteve interrompida na primeira parte, numa altura em que os adeptos da Lazio começaram a entoar cânticos racistas visando o defesa zimbabueano do Sparta Costa Nhamoinesu.

Os adeptos da Lazio são acusados de "comportamento racista" e de ter criado "'slogans' proibidos", indica a UEFA em comunicado.

O Sparta é igualmente visado por uma faixa contendo mensagens proibidas.

O assunto será tratado em reunião da Comissão de Ética e de Disciplina da UEFA, a 22 de março.

Em fevereiro, a Lazio foi multada em 50 mil euros e punida com dois jogos à porta fechada depois de os seus adeptos terem entoado insultos racistas contra o defesa senegalês do Nápoles Kalidou Koulibaly.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga Europa

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.