Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

João Tralhão: «Não tenho dedos nas mãos suficientes para contar as ocasiões que tivemos»

Treinador do Benfica lamenta erro da equipa de arbitragem que invalidou golo limpo

A tarefa para o Benfica seguir em frente já se adivinhava como muito difícil, pois precisava de vencer o Basileia e esperar que o CSKA derrotasse o Man. United. Contudo, as aspirações caíram por terra quando o árbitro do encontro diante dos suíços, Marco Guida, anulou um golo limpo a João Félix que garantia a vitória, um erro que o treinador das águias, João Tralhão, lamenta. No entanto, o técnico também assume culpas da própria equipa para que o resultado não fosse o esperado. 

"Não tenho dedos nas mãos suficientes para contar as ocasiões que tivemos para marcar. Se conseguíssemos marcar 10 por cento das ocasiões de golo iminente que tivemos, não precisaríamos do golo que foi injustamente invalidado. A equipa esteve bem", sublinhou o treinador da equipa de juniores do Benfica que fica pela primeira vez de fora dos oitavos-de-final da UEFA Youth League desde que esta foi criada.

Apesar do esforço inglório do grupo, João Tralhão destaca a atitude de um grupo que terá um futuro bem sucedido.

"Os rapazes mostraram carácter e mostraram que isto não é o fim de um caminho. Tenho a certeza que se tirarem lições deste processo, estarão preparados para jogar no futuro na Champions", perspetivou.
Por Valter Marques
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga Jovem da UEFA

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M