Flamengo de Jorge Jesus bate Al Hilal e está na final do Mundial de Clubes

Equipa brasileira venceu por 3-1 com reviravolta

A carregar o vídeo ...
Os golos que colocaram o Flamengo de Jorge Jesus na final do Mundial de Clubes

O Flamengo, do técnico português Jorge Jesus, garantiu esta quinta-feira a presença na final do Mundial de Clubes ao vencer o Al Hilal por 3-1. Depois de ir para o intervalo a perder, com o golo de Al Dawasari (18'), o Flamengo empatou logo no arranque da 2.ª parte por De Arrascaeta (49') e Jorge Jesus lançou Diego aos 74 minutos para desbloquear a partida.

A qualidade de passe do '10' foi decisiva e em quatro minutos o Flamengo carimbou a reviravolta, primeiro por Bruno Henrique (78') e depois num auto-golo de Al Bulayhi (82'). O Mengão aguarda agora o desfecho da outra meia final, entre Liverpool e Monterrey, para ficar a conhecer o adversário da final.

Final da partida: Flamengo-Al Hilal (3-1)

90'+3 - Jorge Jesus esgota as alterações: entra Piris da Mota; sai De Arrascaeta.

90' - Três minutos de compensação no Khalifa International Stadium.

90' - Diego Alves nega o golo a Carlos Eduardo, após boa iniciativa individual do avançado do Al Hilal.

89' - Substituição no Flamengo: entra Vitinho; sai Bruno Henrique.

87' - Cartão amarelo para Diego.

83' - Cartão vermelho direto para Carrillo. Entrada duríssima do peruano sobre De Arrascaeta vale uma expulsão imediata e o Al Hilal fica em inferioridade numérica nos últimos minutos.

82' - Substituição no Al Hilal: entra Al Abed; sai Al Dawasari

82' - Golo do Flamengo (3-1)! Auto-golo de Al Bulayhi. Cruzamento de Bruno Henrique na esquerda para assistir Gabigol ao segundo poste, o defesa saudita antecipa-se mas acaba por colocar a bola na própria baliza.

78' - Golo do Flamengo (2-1)! Bruno Henrique, de cabeça, vira o resultado. Cruzamento de Rafinha no lado direito e Bruno Henrique surge ao primeiro poste a cabecear para o fundo das redes. Flamengo na frente do marcador.

74' - Jorge Jesus mexe na equipa do Flamengo: entra Diego; sai Gerson.

71' - Substituição no Al Hilal: entra Khribin; sai Giovinco.

70' - Giovinco cobra o livre direto e remata muito perto do poste direito. Antes da marcação do livre Al Dawasari levou cartão amarelo por não estar à distância necessária da barreira.

69' - Livre muito perigoso para o Al Hilal em posição frontal à baliza de Diego Alves. 

67' - Falta de Carlos Eduardo sobre Arão à entrada do meio campo saudita. 

58' - Giovinco e Gerson caídos no relvado. Jogo interrompido para assistência médica aos dois jogadores.

57' - Filipe Luís tenta a sua sorte de muito longe e o remate sai muito por cima.

55' - Grande remate de Carrillo. Peruano chuta com a parte exterior do pé direito à entrada da área do Flamengo e a bola sai pouco por cima da trave.

Flamengo empatou frente ao Al Hilal na sequência desta grande jogada

49' - Golo do Flamengo (1-1)! De Arrascaeta faz o empate após grande jogada da equipa brasileira. Gabigol assiste Bruno Henrique que entra na área saudita pela direita e assiste Arrascaeta, que só tem de encostar para o fundo das redes. 

Arranca a 2.ª parte!


O Al Hilal vai para o intervalo em vantagem graças ao golo apontado por Al Dawasari (18') após um bom entendimento ofensivo. Os sauditas foram mais perigosos nos primeiros 45 minutos e, com uma boa organização defensiva, não deram grande margem ao Flamengo de Jorge Jesus. Veremos o que reserva a 2.ª parte desta meia final. 


Final da 1.ª parte: Flamengo-Al Hilal (0-1)


45'+3 - Éverton Ribeiro marca um livre de forma rápida e descobre Bruno Henrique completamente solto ao 2.º poste, mas o avançado cabeceia fraco para as mãos de Al Muaiouf.

45'+2 - Cartão amarelo exibido a Albulayhi. Entrada duríssima sobre Gabriel Barbosa.

45'+1 - Cartão amarelo para Pablo Marí por puxar a camisola de Giovinco. 

45' - Vão jogar-se três minutos de compensação nesta 1.ª parte.

44' - Cartão amarelo para Giovinco. Falta dura sobre Arrascaeta ainda no meio campo do Flamengo.

43' - Al Hilal chega com perigo à área do Flamengo pela direita, Al Dawsari cruza e Gerson cede pontapé de canto.

35' - Livre perigoso a favor do Flamengo. Arrascaeta bate a bola para a área mas a defesa do Al Hilal afasta.

33' - Mais um canto para o Flamengo. Everton Ribeiro para a cobrança.

31' - Willian Arão cabeceia por cima na sequência do pontapé de canto.

30' - Bruno Henrique surge em velocidade pelo lado esquerdo, entra na área saudita e quando se preparava para rematar Al Burayk corta pela linha de fundo. É canto para o Flamengo.

22' - Partida esteve interrompida para assistência médica a Al Dawsari mas a bola volta a rolar.

20' - Cartão amarelo para Bruno Henrique.

Surpresa no Qatar: Al Hilal na frente contra o Flamengo de Jesus

18' - Golo do Al Hilal (0-1)! Cruzamento da direita de Al Burayk e Al Dawsari, no coração da área, a rematar para o golo.  A bola ainda desvia em Pablo Marí e trai Diego Alves, que não consegue evitar o primeiro dos sauditas.

16' - Responde o Al Hilal! Al Dawsari surge na cara de Diego Alves mas remata para defesa do guardião brasileiro. Na rearga surge Gomis a atirar por cima da barra.

15' - Quase o golo do Flamengo! Na sequência do canto, Al Muaiouf saiu a punhos e a bola sobrou para Gerson, à entrada da área, a rematar para fora.  

14' - Filipe Luís avança no terreno e cruza contra um defesa. Canto para o Flamengo.

13' - Fora de jogo assinalado ao ataque do Flamengo. 

11' - Jogada estudada do Al Hilal, Al Dawsari no cruzamento e Filipe Luís a ceder canto.

10' - Falta de Pablo Marí sobre Carlos Eduardo. Livre perigoso a favor dos sauditas.

8' - Remate perigoso de Giovinco, a bola bate no corpo de Rafinha e é novo canto para o Al Hilal.

7' - Carrillo cobra tenso para a área e Arão corta de cabeça. Novo canto para os sauditas.

6' - Canto a favor do Al Hilal.

3' - Arrascaeta cobra o canto para a área saudita mas ninguém desvia e a bola perde-se pela linha final.

3' - Flamengo conquista o primeiro pontapé de canto do jogo.

Começa a partida!


17h28 - Pontapé de saída pertence à equipa do Flamengo.

17h26 - Protagonistas no relvado para a cerimónia protocolar que antecede o Flamengo-Al Hilal. Grande ambiente nas bancadas do Khalifa International Stadium.

17h20 - Termina o aquecimento e as equipas recolhem aos balneários. Contagem decrescente para o início da primeira meia final do Mundial de Clubes 2019.

17h10 - As bancadas vão enchendo à medida que se aproxima o apito inicial e os adeptos do Flamengo estão em maioria. 

17h02 - Equipas já efetuam os habituais exercícios de aquecimento no relvado do Khalifa International Stadium.






16h56 - O jogo será arbitrado pelo norte-americano de origem marroquina Ismail Elfath, que terá como assistentes os compatriotas Kyle Atkins e Corey Parker. O argelino Mustapha Ghorbal será o 4.º árbitro e no papel de vídeo-árbitro vai estar o irlandês Alan Kelly.

ONZE DO AL HILAL: 
Almuaiouf; Alburayk, Al Bulayhi, Jang, Shahrani; Cuellar, Carlos Eduardo, Salem, Carrillo; Giovinco e Gomis. 

ONZE DO FLAMENGO:
 Diego Alves; Rafinha, Pablo Marí, Rodrigo Caio, Filipe Luís; Arão, Gerson, Arrascaeta, Éverton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabigol.

16h40 - Já há onzes nas equipas! 

15h45 - No Al Hilal, o brasileiro Carlos Eduardo (ex-Estoril e FC Porto) reconheceu o papel de Jesus na sua evolução como jogador quando o técnico chegou à Arábia Saudita. "Aprendi com o Jesus, mas hoje a equipa já não tem quase nada dele. Temos um novo treinador e novas ideias", justificou.






15h35 - Rafinha, jogador do Flamengo, sublinhou a importância do Mundial de Clubes na América do Sul, especialmente no Brasil. "Todos os clubes querem este troféu e o Flamengo tem essa possibilidade. Seria uma prenda enorme para todos os adeptos", referiu o lateral brasileiro, que já conquistou o troféu pelo Bayern Munique em 2013. 

15h30 - Já Razvan Lucescu, técnico do Al Hilal, reagiu assim às constantes perguntas sobre Jorge Jesus, antigo técnico do emblema saudita: "Não me sinto chateado nem frustrado. Não quero saber das histórias sobre Jesus. Vai ser um jogo de onze contra onze, onde a concentração será o mais importante". 

15h18 - Jorge Jesus recusou comentar um possível duelo com o Liverpool na final do Mundial e preferiu centrar todas as atenções nos sauditas: "Não me interessa falar do Liverpool. Só me interessa o jogo de amanhã [hoje]". O técnico português elogiou ainda o Al Hilal: "Eles têm uma boa equipa, mesmo os jogadores sauditas são todos internacionais e têm um grande nível".

15h15 - Na antevisão à partida, Jorge Jesus lembrou que conhece muito bem a equipa do Al Hilal. "Só o central deles não trabalhou comigo. Os quatro avançados foram contratados por minha indicação. Quando saí disse ao Gomis que nos íamos encontrar e quis o destino que nos defrontássemos aqui".







----------------------

Boa tarde. O Flamengo de Jorge Jesus entra em campo às 17h30 para disputar a primeira meia final do Mundial de Clubes frente ao Al Hilal, da Arábia Saudita. 

O duelo no Khalifa International Stadium, em Doha, Qatar, coloca em campo os vencedores da Taça Libertadores (América do Sul) e da Liga dos Campeões da Ásia, com o aliciante de o técnico português reencontrar a formação saudita, onde trabalhou durante grande parte da época passada antes de rumar ao Brasil.

O Flamengo estreia-se nesta edição da prova, enquanto o Al Hilal já entrou em campo no sábado e venceu o Esperánce Tunis por 1-0, garantindo assim a presença nas meias finais.

A formação brasileira procura o repetir o feito alcançado em 1981, na então denominada 'Taça Intercontinental', quando ergueu o troféu após triunfo (3-0) sobre o Liverpool. Curiosamente, o Mengão pode voltar a encontrar os ingleses na discussão do título deste ano, já que a outra meia final opõe os reds aos mexicanos do Monterrey.

6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Mundial de Clubes

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.