Record

Mourinho: «O árbitro apitava quando Ronaldo queria»

Treinador queixa-se do 'apito leve' na reta final da partida

• Foto: EPA
José Mourinho explicou esta terça-feira que o Manchester United discutiu o jogo com o Real Madrid até perto do final, mas a entrada de Cristiano Ronaldo afetou... o árbitro da partida.

"Estávamos a jogar contra uma equipa recheada de grandes jogadores, mas discutimos o resultado quase até ao fim. Foi então que entrou o Cristiano e o árbitro quis mostrar o respeito que tem por este fantástico jogador. Prestou-lhe vassalagem. Cada vez que o Ronaldo queria, o árbitro apitava, era livre e o jogo parava", revelou o treinador dos red devils.

Recorde-se que o avançado português entrou já na reta final do encontro. O Real Madrid acabou por vencer por 2-1, conquistando a Supertaça Europeia.
Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Supertaça Europeia

Notícias

Notícias Mais Vistas

M