Pape Gueye suspenso de todas as provas pela FIFA: «Informaram-nos cinco minutos antes do jogo»

Médio estava ao serviço da seleção do Senegal na CAN

O futebolista internacional senegalês Pape Gueye foi suspenso provisoriamente de todas as competições pela FIFA, enquanto decorrer uma investigação à transferência do médio do Watford para o Marselha, revelou hoje o selecionador do Senegal, Aliou Cissé.

"O Gueye teve um problema externo à seleção, com o Marselha. Houve problemas na transferência do Watford para o Marselha [em 2020] e a FIFA suspendeu-o. Enquanto não for apresentado um recurso, ele não poderá jogar connosco. Na verdade, só fomos informados desta situação cinco minutos antes de começar o jogo com a Guiné Gonacri", disse o selecionador, de acordo com a agência France-Presse (AFP).

Pape Gueye está ao serviço da seleção do Senegal na Taça das Nações Africanas (CAN), que decorre nos Camarões, até 06 de fevereiro, tendo ficado de fora das opções da equipa na partida de hoje, com a Guiné Conacri, que terminou empatada 0-0.

O médio, de 22 anos, terminou contrato com os franceses do Le Havre em junho 2020 e, dois meses antes, em abril, assinou um pré-acordo com o Watford, num vínculo que teria início em 01 de julho desse ano e que foi mesmo anunciado pelo clube inglês.

Contudo, mais tarde, Pape Gueye voltou atrás nas intenções e quebrou o acordo com a formação da Premier League, alegando que tinha sido "mal aconselhado" no processo de vinculação aos 'hornets'.

Gueye acabaria por assinar até 2024 pelo Marselha, clube no qual alinha atualmente e que, na altura, era treinado pelo português André Vilas-Boas.

Por Lusa
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de CAN

Notícias

Notícias Mais Vistas