Divulgada a justificação do árbitro para expulsar Messi

Argentino viu cartão vermelho direto assim como o chileno Gary Medel

O avançado argentino Lionel Messi foi expulso sábado no jogo de atribuição dos 3.º e 4.º lugares da Copa América contra o Chile por "confrontar o adversário, em um incidente quando a bola já não estava em jogo", segundo o relatório do árbitro da partida, o paraguaio Mario Díaz de Vivar.

Segundo relata este domingo a imprensa sul-americana, o árbitro marcou o "item 6" dos motivos da expulsão, esclarecendo a escolha "diante da falta de opções".

Messi foi expulso pela segunda vez na carreira após este lance no Argentina-Chile
Assim o 'item 6' refere como motivo para a exibição do cartão vermelho: "confrontar o adversário em um incidente sucedido quando a bola já não estava em jogo, dando um forte golpe com o ombro no adversário [Gary Medel, também ele expulso]". 

Já no caso do vermelho a Gary Medel, o árbitro Mario Díaz de Vivar referiu que o internacional chileno "golpeou com brutalidade o peito e o braço do adversário [Messi] até ser contido por seus companheiros".

Incrédulo e consolado até por adversários: Messi nem queria acreditar no vermelho direto

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Copa América

Notícias

Notícias Mais Vistas