Marchesín quer ganhar a Copa América ao lado de Messi

Guarda-redes do FC Porto espera ajudar a romper a 'travessia do deserto'

• Foto: Peter Spark/Movephoto

Agustín Marchesín está a trabalhar com a seleção argentina que prepara dois jogos de apuramento para o Mundial'2022 e a Copa América, sendo que as atenções, não só do guarda-redes do FC Porto, como do restante grupo, estão mais viradas para o segundo objetivo. Desde 1993 que os argentinos não vencem qualquer troféu internacional, pelo que entendem ter chegado o momento de alterar o curso da história. Marchesín quer ajudar Lionel Messi a triunfar pela seleção.

"É muito bom estar com ele, é uma grande pessoa, humilde, está sempre a ajudar os companheiros, é solidário, um bom companheiro. Estou feliz por ter um jogador assim ao meu lado, que me ajuda a evoluir, porque ter jogadores deste nível ajuda a melhorar e estar à altura, porque são oportunidades muito bonitas. Estar a acompanhar o melhor jogador do Mundo obriga-nos a estar à altura. Oxalá possamos ganhar já a Copa América", referiu Marchesín, em entrevista à 'TUDN'.

O guardião do FC Porto sabe que a concorrência é tremenda, mas ainda assim sonha estar na lista final para a Copa América. Foi com essa intenção que trabalhou durante a época. "Emiliano Martínez atravessa um momento extraordinário, admiro-o muito. Depois vêm o Armani e o Andrada, que jogam nas maiores equipas da Argentina, o Boca Juniors e o River Plate, têm vantagem, porque as pessoas veem-nos todos os fins-de-semana, e é merecido porque fazem bem o seu trabalho. Estamos todos na luta pela titularidade, todos querem estar prontos a jogar. Trato de dar o meu melhor no meu clube para continuar a ser convocado, porque é algo muito bonito e importante para mim", concluiu o argentino.

Por Rui Sousa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Copa América

Notícias

Notícias Mais Vistas