Messi e a vitória sobre o Equador: «Demos mais um passo num jogo muito duro»

Destacou-se com um golo e duas assistências na passagem da Argentina às meias-finais da Copa América

A carregar o vídeo ...
Golo de Messi

Lionel Messi esteve em destaque com um golo e duas assistências na vitória (3-0) da Argentina sobre o Equador, em que a seleção albiceleste garantiu a presença nas meias-finais da Copa América. Apesar do resultado, o astro argentino considerou que foi uma partida difícil e que só se descomplicou depois do golo inaugural de Rodrigo De Paul.

"Foi um jogo muito duro, sabíamos da dificuldade do rival. Foi muito disputado até chegarmos ao golo, aí o jogo complicou-se um pouco. O importante é que demos mais um passo. Falta darmos mais um para estar nessa tão esperada final e esperamos que nos corra bem", vincou Messi, após a vitória no último jogo dos 'quartos' da competição.

Segue-se agora a Colômbia na ronda que antecede o jogo decisivo, em encontro marcado para a madrugada de quinta-feira (2 horas da manhã em Portugal continental), em Brasília.

"Tentamos jogar, às vezes não conseguimos, porque o relvado não ajuda muito. Seguimos em frente depois de um jogo muito importante. Era um dos nossos objetivos estarmos entre os quatro melhores. Agora temos de descansar porque temos pouco tempo para o próximo jogo", acrescentou o capitão da seleção argentina, que já é o melhor marcador da competição com quatro golos.

O avançado do Barcelona foi depois confrontado com o facto de estar a apenas um golo do recorde de Pelé, que soma 77 pelo seleção do Brasil, mas chutou para canto.

"Digo sempre que os prémios individuais são secundários, estamos aqui por outro motivo. Quero dar os parabéns ao grupo pelo trabalho que está a fazer, estamos há muitos dias longe das nossas famílias. Temos um objetivo e pensamos nisso mesmo", concluiu.

Lautaro Martínez destacou a liderança de Messi

Lautaro Martínez apontou o segundo golo da Argentina no encontro e, no final do mesmo, destacou o papel de Messi entre o coletivo.

"A Argentina era vista como protagonista, é o que o treinador nos pede. Hoje fizemos a diferença. Foi um jogo exigente contra uma equipa física que corre e pressiona bem. Todos seguimos a liderança de Messi. Hoje vimos novamente como ele faz a diferença e estamos todos a acompanhá-lo. Estamos felizes e vamos 'com tudo'", assinalou o avançado.

Também Nicolás González não conseguiu deixar de falar do astro argentino. "Temos de continuar a vencer, seria algo muito bom para as nossas famílias e para o país. Tentarei dar sempre o meu melhor pelo grupo. Estamos felizes: soubemos controlar o jogo e conseguimos vencer. Messi surpreende-nos a cada dia, ele torna-se mais forte e contagia todos os outros. Dá-nos confiança e alegria. Temos de continuar neste caminho e desfrutar. Sonhamos vencer a competição, mas temos de ir jogo a jogo. Temos as nossas próprias armas para vencer", vincou o extremo.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Copa América

Notícias

Notícias Mais Vistas