Richarlison de volta para o superclássico

Avançado do Everton de Marco Silva treina-se com a seleção do Brasil após uma ausência por papeira

• Foto: Reuters

Richarlison, avançado do Everton de Marco Silva, reintegrou o estágio da seleção brasileira em Belo Horizonte, na madrugada passada, após uma ausência de três dias por ter estado com papeira. O isolamento do jogador de 22 anos foi necessário para evitar contagiar o restante grupo. Depois de ter sido titular nos dois primeiros jogos da fase de grupos, Tite, selecionador do Brasil, colocou Richarlison no banco na 3ª ronda, frente ao Peru. Nos quartos-de-final já não pôde dar o seu contributo devido à doença contraída. Agora, o avançado aparenta estar recuperado na totalidade e, por isso, pode ser aposta do treinador canarinho para o onze inicial no confronto das meias-finais da competição frente à Argentina, que vai ter lugar na próxima madrugada (01h30), no Estádio Mineirão.

O palco do superclássico sul-americano é de má memória para o escrete, já que foi neste estádio que perdeu por 1-7, frente à Alemanha, na meia-final do Campeonato do Mundo de 2014. Um resultado que escandalizou a nação brasileira, que detinha enormes esperanças em festejar a conquista do troféu em casa.

No entanto, tendo em conta o momento atual, Tite tem razões para estar mais aliviado, já que o regresso de Richarlison não é a única boa notícia para o selecionador brasileiro. No treino de ontem, Filipe Luís, defesa-esquerdo, já trabalhou com bola, mas continua em dúvida pois apresenta dores no adutor da coxa direita. Casemiro, trinco do Real Madrid que cumpriu um jogo de suspensão no encontro dos quartos-de-final com o Paraguai, também está de volta e é apontado à equipa titular. Já Fernandinho, médio do Manchester City, continua a trabalhar condicionado e à parte do grupo.

Por Luís Magalhães
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Copa América

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.