Angola e Brasil nos oitavos de final do Mundial de sub-17

As duas seleções vão disputar o primeiro lugar no agrupamento na sexta-feira, em Goiânia

• Foto: DR

Angola, treinada pelo português Pedro Gonçalves, e Brasil qualificaram-se na terça-feira para os oitavos de final do campeonato do mundo de futebol de sub-17, ao somarem os segundos triunfos na competição disputada em solo brasileiro.

Em Brasília, os palanquinhas negras, que cumprem a estreia em fases finais de Mundiais do escalão, venceram o Canadá, por 2-1, graças a um golo de David, aos 90+4 minutos, depois de o canadiano Russel-Rowe, aos 49, ter igualado a partida em resposta ao golo de Zini, ainda na primeira parte, aos 31.

A formação comandada por Pedro Gonçalves conquistou a segunda vitória na prova, depois de um triunfo também por 2-1 diante da Nova Zelândia, somando os mesmos seis pontos do Brasil, que está presente pela 17.ª vez em 18 fases finais.

Igualmente no Estádio Bezerrão, a formação canarinha, campeã do mundo em 1997, 1999 e 2003, depois da goleada ao Canadá, por 4-1, derrotou na terça-feira os neozelandeses por 3-0, com tentos de Kaio Jorge, aos 20, Talles Magno, aos 81, e Diego, aos 90+1, num encontro em que os anfitriões ficaram reduzidos a 10 jogadores, por expulsão de Yan, aos 42.

Angola e Brasil vão disputar o primeiro lugar no agrupamento na sexta-feira, em Goiânia.

Também na terça-feira, para o Grupo B, defrontaram-se as seleções com jogadores a alinhar em clubes portugueses, no empate 2-2 entre Austrália e Hungria. O australiano Tristan Hammond, do Sporting, alinhou novamente durante os 90 minutos do encontro, enquanto o húngaro Rajmund Molnar, do Benfica, voltou a não ser utilizado.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Competições de Seleções

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.