Portugal está na final do Europeu Sub-19

Gonçalo Ramos fez hat-trick à Irlanda e Seleção vai defrontar a Espanha no sábado

Final do jogo! Portugal está na final do Europeu de Sub-19. A equipa orientada por Filipe Ramos venceu a Irlanda por 4-0 na meia-final. Vítor Ferreira fez o primeiro de penálti, Gonçalo Ramos apontou os outros três golos. Portugal vai defrontar a Espanha no sábado (17h30), depois de a Rojita ter eliminado a França nos penáltis.

90'+6: GOLO DE PORTUGAL! Hat-trick de Gonçalo Ramos, 4-0! O avançado viu que tinha espaço, partiu para cima do defesa e definiu com toda a calma!

90'+1: Grande defesa de Celton Biai! Pequeno passe para o lado e Ledwidge a encher o pé, com o guarda-redes português a desviar para canto.

90'- Mais 7 minutos até ao final do jogo. Novamente motivados em grande parte pelas duas paragens para hidratação.

90'- Cartão amarelo para Sanuel Costa. Livre em zona frontal para os irlandeses.

84'- Cartão amarelo para Ebosele. Entrada a varrer sobre Daniel Silva. Primeiro amarelo do jogo.

80'- Última substituição de Portugal: sai Gonçalo Loureiro, entra Levi Fustino. A Irlanda também esgota as alterações.

78'- Última pausa para hidratação na partida.

76'- Mais duas substituições de Portugal: saem Fábio Vieira e Félix Correia, entram Rodrigo Fernandes e Daniel Silva.

69'- Dupla substituição de Portugal: saem Vítor Ferreira e João Mário, entram Samuel Costa e Tiago Gouveia.

67'- Nova substituição na Irlanda: sai Coffey, entra Grant.

60'- Nova pausa para os jogadores se refrescarem. A terceira no jogo, a primeira nesta segunda parte.

59'- GOLO DE PORTUGAL! Gonçalo Ramos bisa e faz o 3-0! O avançado a corresponder de primeira a um passe atrasado de João Mário, fuzilando a baliza de Maher.

56'- À semelhança da primeira parte, não há remates nesta primeira fase.

51'- O guarda-redes irlandês, Maher, regressa ao segundo tempo com um boné na cabeça. Opção compreensível devido ao sol.

46'- Substituição na Irlanda: sai Kavanagh, entra Jack James. Segunda troca dos irlandeses

46'- Recomeça a partida!

Intervalo em Erevan! Portugal vai para o intervalo a vencer por 2-0, depois de uma primeira parte em que foi melhor. Os primeiros 30 minutos foram de sentido único, coroados com o golo de Vítor Ferreira, de penálti. Depois disso, a Irlanda assustou com duas grandes ocasiões, onde valeu Costinha, na primeira, e a trave, na segunda. A partir daí, Portugal voltou a subir de produção e chegou ao 2-0, com um cabeceamento de Gonçalo Ramos.

45'+6- Gonçalo Ramos quase bisava! Agora a cabecear para defesa difícil, mas segura, de Maher.

45'+1- GOLO DE PORTUGAL! Gonçalo Ramos faz o 2-0! Bom trabalho de João Mário na esquerda, a bola sobrevoa o guarda-redes e Gonçalo Ramos faz o mais fácil.

45'- 8 minutos de compensação. Recordar que houve duas paragens para que os jogadores se hidratassem.

42'- Substituição forçada na Irlanda: Brennan sai lesionado, entra Ebosele.

41'- McEntee sobe ao segundo andar e cabeceia, mas sem a direção da baliza de Celton Biai.

35'- Nova pausa para os jogadores se refrescarem.

34'- À trave! McGuiness com nova grande ocasião! A Irlanda cria duas ocasiões depois de sofrer o golo.

33'- Costinha salva Portugal! Corte em cima da linha evita o empate para os irlandeses!

30'- GOLO DE PORTUGAL! Vítor Ferreira não treme e faz o 1-0! Bola para um lado, guarda-redes para o outro.

29'- Penálti para Portugal! Falta de Hodge sobre João Mário. Oportunidade de ouro para Portugal marcar.

28'- Está caído Kavanagh. Entra a equipa médica irlandesa.

26'- Outra vez Fábio Vieira de longe depois de uma jogada de envolvimento. Desta vez a bola saiu mais tranquila para Maher.

22'- Fábio Vieira ao lado! O médio arriscou a meia-distância e pregou um susto a Maher!

15'- O árbitro interrompe o jogo para que os jogadores se possam hidratar.

15'- Jogo disputa-se praticamente em 30 metros quando Portugal tem bola. A Irlanda coloca sempre o maior número de jogadores possível atrás da linha da bola.

12'- Gonçalo Ramos por cima! Cruzamento bem tirado do lado esquerdo, Ramos antecipa-se a Maher mas não acerta na baliza.

7'- Félix Correia tira o cruzamento do lado direito, bola chega às mãos de Maher.

5'- Primeiros cinco minutos sem remates às balizas.

1'- Início do jogo!

Ouve-se agora "A Portuguesa" em Erevan.

Toca o hino da Irlanda.

Já há onzes iniciais!

PORTUGAL: Celton Biai; Costinha, Gonçalo Cardoso, Gonçalo Loureiro e Tomás Tavares; Diogo Capitão, Vítor Ferreira e Fábio Vieira; Félix Correia, João Mário e Gonçalo Ramos
IRLANDA: Maher; Lyons, McEntee, McGuinness e Ledwidge; Havanadge, Hodge e Coffey; Brennan, Everitt e Reghba



Boa tarde. A seleção portuguesa de sub-19, detentora do título, procura esta quarta-feira chegar pela 13.ª vez e terceira consecutiva à final do campeonato da Europa da categoria, na meia-final com a República da Irlanda, em Erevan, na Arménia. Record vai acompanhar tudo ao minuto.

Os comandos de Filipe Ramos, que perseguem o quinto título no escalão, venceram o Grupo A sem derrotas, ao baterem a Itália (3-0) e a anfitriã Arménia (4-0) e, pelo meio, empatarem com a Espanha (1-1).

Portugal e República da Irlanda, que perdeu com a França (1-0), vencedora do Grupo B, empatou com a Noruega (1-1) e venceu a República Checa (2-1), defrontam-se a partir das 15:00 (em Lisboa), em Erevan, onde, três horas depois, França e Espanha vão disputar a outra vaga na final.

Em 29 de julho de 2018, Portugal, comandado por Hélio Sousa, conquistou o quarto título europeu no escalão, depois dos arrebatados em 1961, 1994 e 1999, ao derrotar a Itália na final, por 4-3, após prolongamento.

O título alcançado em Seinajoki juntou-se aos três já somados pela equipa das quinas, o primeiro referente ao Torneio Internacional de Juniores e os outros dois na categoria de sub-18. Desde que, em 2002, a prova passou a ser de sub-19, Portugal perdeu as finais de 2003, 2014 e 2017.

O primeiro triunfo internacional foi selado com uma goleada frente à Polónia, por 4-0, em 8 de abril de 1961, com quatro golos de Serafim, no Estádio da Luz, em Lisboa, numa seleção comandada por David Sequerra e José Maria Pedroto.

Seguiu-se a conquista de 1991, em Espanha, orientada por Agostinho Oliveira, numa final decidida nas grandes penalidades (4-1, depois do empate 1-1 diante da Alemanha, na qual Rui Óscar empatou para a seleção lusa, aos 61 minutos, depois de Frank Gerster ter adiantado os germânicos, aos 34.

Oito anos depois, em 26 de julho de 1999, na Suécia, Portugal, novamente com Agostinho Oliveira como selecionador, impôs-se no jogo decisivo à Itália, por 1-0, graças a um golo do avançado João Paulo, aos 33 minutos, numa final em que a equipa das 'quinas' ficou em inferioridade numérica aos 63, com a expulsão, por acumulação de cartões amarelos, de Carlos Semedo.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Europeu Sub 19

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.