Florentino revela os conselhos que Marcelo Rebelo de Sousa transmitiu à Seleção de sub-21

Médio aplaudiu esforço da equipa frente à Itália e já aponta às meias-finais do Europeu sub-21 contra a Espanha

• Foto: Reuters

Florentino admite que o duelo dos quartos-de-final do Europeu de sub-21 contra a Itália (5-3) foi "desgastante física e psicologicamente" para Portugal, todavia realça a capacidade de reação da equipa para ir buscar a vitória. Um triunfo saboroso, festejado no balneário com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que antes de dizer adeus à comitiva deixou alguns conselhos aos jogadores.

"Claro que é sempre bom que o presidente do nosso país esteja connosco e nos tenha dado apoio. Como ele nos disse, temos de estar focados no próximo jogo, ainda não ganhámos nada. Sabemos que temos uma nação que está ao nosso lado a apoiar-nos", sublinhou o médio aos meios de comunicação social presentes em Ljubljana, na Eslovénia, à margem de um treino ligeiro que Portugal realizou no Parque Tivoli - que Record acompanhou.

"O jogo com a Itália foi muito difícil, era o que esperávamos. Foi mesmo até à última. Só demonstra que nenhum jogo vai estar ganho, nunca podemos nada como adquirido, temos de estar focados do início ao fim. O mais importante é focarmo-nos já no próximo jogo e prepará-lo bem. O treinador (Rui Jorge) deu-nos mérito, não é qualquer equipa que consegue alcançar o que conseguimos. Estamos conscientes do nosso trabalho, sabemos que há sempre pontos a melhorar.", reforçou Florentino, a postos para uma Espanha "com muita intensidade e qualidade técnica".

Marcelo Rebelo de Sousa tirou selfie com jogadores da Seleção de sub-21 no balneário
Do ponto de vista pessoal, e depois de ter saltado do banco nos quartos-de-final para fazer 50 minutos, o médio que esteve emprestado pelo Benfica ao Monaco diz-se "sempre pronto a ajudar" e frisa que, na equipa, não existem lugares garantidos: "Aqui não há titulares, todos estamos disponíveis para ajudar. Neste jogo alguns não entraram, se calhar no próximo até podem ser titulares, nós nunca sabemos. Tudo depende das circunstâncias do jogo e do que precisamos para ferir o adversário. Não há titulares nem suplentes, somos uma equipa".

A terminar, e a despeito de a final da competição estar a um passo de distância, Florentino garante que essa meta não está, para já, na mente dos jogadores. "Qualquer atleta português tem o sonho de representar a Seleção. Para nós sempre foi um sonho estar aqui no Europeu. Temos uma grande meia-final para jogar", rematou.

Por Ricardo Granada
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Europeu Sub 21

Notícias

Notícias Mais Vistas