Show de Federico Chiesa deixa italianos eufóricos

Seleção transalpina bateu a Espanha por 3-1

• Foto: EPA

Finalista vencido do último Europeu sub-21, Espanha não resistiu desta vez ao ‘show’ de Federico Chiesa, extremo que foi treinado por Paulo Sousa na Fiorentina e que, na próxima temporada, poderá jogar ao lado de Cristiano Ronaldo na Juventus. Anfitriã da competição, Itália até começou mal o jogo disputado em Bolonha, mas acabou por festejar no final (3-1). Logo aos 9 minutos, Dani Ceballos, melhor jogador da prova em 2017, colocou a seleção espanhola em vantagem com um fantástico remate à entrada da área. Um grande golo, sem hipóteses para Meret, guarda-redes do Nápoles.

A acusar a pressão de jogar em casa, os jovens italianos mostraram dificuldades para reagir. Valeu-lhes a inspiração de Chiesa no empate (36’), com um remate colocado já dentro da área e de ângulo apertado, após uma domínio perfeito numa bola longa de Barella. Lance de génio! O atacante da Fiorentina protagonizou a reviravolta aos 64’, surgindo oportuno na cara do guardião Unai Simon. "Nunca desistimos. Sabíamos que seria difícil, mas mostrámos a nossa força. Temos de chegar às meias-finais", vincou Chiesa, que ainda aplaudiu o golo de Pellegrini, de penálti, a selar o triunfo.

"Não tenho palavras para Chiesa. Foi ele que nos arrastou", destacou o selecionador Luigi di Biagio, que jogou com o pai de Federico, Enrique, na seleção azzurra.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Europeu Sub 21

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.