Record

Duas décadas após 2004, um Europeu em Portugal seria impossível

UEFA já definiu os novos requisitos de estádios para 2024

• Foto: Getty Images
Nas atuais condições, Portugal está impossibilitado de acolher a organização do Campeonato da Europa de 2024, a próxima edição a ser atribuída. A UEFA aprovou esta sexta-feira os novos requisitos em termos de capacidade dos estádios e, 20 anos depois do Euro'2004, o nosso país não cumpriria os mínimos.

Os requisitos da UEFA para 9 ou 10 estádios com as seguintes condições:

- 2 ou 3 estádios com pelo menos 50.000 lugares (preferencialmente com o mínimo de 60.000) - Portugal cumpriria

- 3 estádios com com pelo menos 40.000 lugares - Portugal não cumpriria

- 4 estádios com pelo menos 30.000 lugares - Portugal cumpriria


Recorde-se que o Campeonato da Europa de 2004 levou à construção ou remodelação de 10 estádios em Portugal:

Estádio da Luz: 65.000 lugares
Estádio de Alvalade: 50.000 lugares
Estádio do Dragão: 50.000 lugares
Estádio do Bessa: 30.000 lugares
Estádio Dr. Magalhães Pessoa: 30.000 lugares (atualmente a lotação é menor)
Estádio Algarve: 30.000 lugares (atualmente a lotação para jogos da UEFA é menor)
Estádio D. Afonso Henriques: 30.000 lugares
Estádio Cidade de Coimbra: 30.000 lugares
Estádio Municipal de Braga: 30.000 lugares
Estádio Municipal de Aveiro: 30.000 lugares


As datas para a 'construção' do Euro'2024:

- 9 de dezembro de 2016 (esta sexta-feira): convite oficial da UEFA enviado às federações

- 3 de março de 2017: data limite para a confirmação do interesse das federações no concurso

- 10 de março de 2017: anúncio dos candidatos

- 27 de abril de 2018: data limite para a entrega do dossiê de candidatura à UEFA

- setembro de 2018: anúncio do organizador do Euro'2024
Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Europeu

Notícias

Notícias Mais Vistas

M