Alguns adeptos russos vão ser expulsos de França

Ameaça à ordem pública

• Foto: EPA

Adeptos russos que estão sob vigilância da polícia no sul de França vão ser expulsos do país, por representarem ameaça para a ordem pública, após os incidentes registados no sábado em Marselha, à margem do Inglaterra-Rússia, do Euro'2016.

A AFP, citando autoridades locais, informa que a polícia identificou 29 adeptos russos num hotel de Mandelieu-la-Napoule, perto de Marselha, e, embora a operação não tivesse terminado, foi decidido deter alguns tendo em vista a sua expulsão do país.

As pessoas que foram alvo do controlo preparavam-se para partir de autocarro com destino a Lille, onde a seleção da Rússia defronta a Eslováquia na quarta-feira, em jogo da segunda jornada do Grupo B do Euro'2016.

Ao longo de todo o fim de semana, antes, durante e depois do jogo em Marselha, registaram-se vários incidentes violentos implicando adeptos russos, ingleses e franceses. Na segunda-feira, 10 pessoas foram julgadas por envolvimento nos confrontos e condenadas a penas até um ano de prisão, mas nenhum russo foi detido.

Os incidentes provocaram 35 feridos, quase todos ingleses. O mais grave permanecia em estado crítico na segunda-feira, mas estável, segundo o procurador de Marselha Brice Robin.

Após as cenas de violência, a UEFA ameaçou a Inglaterra e a Rússia de exclusão do Campeonato Europeu e hoje é esperada uma decisão relativamente à federação russa, devido a incidentes registados com os seus adeptos no Estádio Vélodrome, nomeadamente agressões a adeptos ingleses, comportamento racista, utilização de fumos e arremesso de objetos.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.