Cristiano Ronaldo: «Eu também falhei...»

Capitão fez 'mea culpa' após desperdiçar penálti em novo empate da Seleção

• Foto: Reuters

Cristiano Ronaldo lamentou que o dia em que se tornou no português mais internacional de sempre - com 128 internacionalizações, ultrapassando Luís Figo - tenha ficado marcado por novo empate da Seleção Nacional, desta feita com a Áustria (0-0).

O pesadelo de Cristiano Ronaldo no Parque dos Príncipes
"É um motivo de orgulho fazer 128 internacionalizações e bater o nosso mítico Figo. Sei que ele está orgulhoso por isso e este era um objetivo, assim como ser o melhor marcador, mas esta não era a melhor forma que queria para bater este recorde. Pretendíamos ganhar e não conseguimos", começou por dizer o capitão na zona mista do Parque dos Príncipes, fazendo um 'mea culpa' após ter desperdiçado, já à entrada para os 10 minutos finais, uma grande penalidade.

"Isto é o futebol, era algo que não queríamos. Não conseguimos concretizar uma vez mais, eu também falhei, um penálti e outras oportunidades. Mas há que continuar e agradecer também aos portugueses que aqui estiveram. Quem tenta sempre alcança e no próximo jogo vamos dar tudo. Ainda é possível, se ganharmos estamos qualificados. O mal não dura para sempre", finalizou.

Por João Socorro Viegas
26
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.