Doidos pelos heróis

Sigurdsson quer ficar

A Islândia pára sempre que a seleção joga e até as eleições presidenciais (agendadas para amanhã) têm sido relegadas para segundo plano. O conto de fadas parece não ter fim e os jogadores, agora heróis nacionais, não querem dececionar os fãs. "Chamaria maluco a quem dissesse há uns meses que estaríamos aqui. Agora, não queremos ir para casa", vincou Sigurdsson, enquanto Bödvarsson assumiu ter sido sempre um apoiante... do adversário de 2ª feira: "‘Puxo’ por Inglaterra desde pequeno. Será fantástico defrontá-la e... superá-la!"

Já Traustason antevê uma invasão islandesa a Nice, palco do jogo. "É o maior momento da carreira. Muitos dos meus amigos já compraram bilhete de avião, não será por falta de apoio que deixaremos de ganhar", disse. Gunnarsson, esse, frisou: "Será uma história para contarmos aos netos!"

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.