Estágio de Portugal arranca a 23 de maio

Três jogos particulares agendados

• Foto: Miguel Barreira

O estágio da Seleção Nacional arranca a 23 de maio, na Cidade do Futebol. Até à viagem para solo gaulês, a 9 de junho, Portugal realiza três particulares, com Noruega (29 de maio), Inglaterra (2 de junho) e Estónia (8 de junho). Na fase final do Euro'2016, Portugal vai disputar o Grupo F com Islândia, Áustria e Hungria.

Renato Sanches é a grande novidade na lista dos 23 futebolistas convocados por Portugal para o Euro'2016, na qual não entram Tiago e Bernardo Silva. O Sporting é o clube mais representado nas opções de Fernando Santos.

Um plano com descanso QB

Fernando Santos aproveitou a conferência de imprensa de anúncio dos convocados para explicar de que forma manterá a equipa motivada e explicou-a de uma forma bem clara.

"Não vamos ter aqui todos no dia 23. Vamos ter 13 jogadores. Além disso, vamos proporcionar quatro ou cinco dias de descanso. Entendi que é muito importante ter descanso para repousar e chegar aqui para trabalhar normalmente. Todos o terão. Inicialmente termos 13 jogadores e depois chegarão os restantes. Estruturamos o trabalho de forma a retirar a máxima capacidade aos jogadores. Também é preciso ter em atenção os que já pararam e que não vão ter mais competição. Mais do que oito dias seria demasiado para a recuperação normal. Tentamos encontrar uma opção para gerir todos de forma correta. Temos trabalhado nisso. Agora é tentar passar para o treinador, sabendo que nessa fase teremos menos jogadores. Pensamos que está suficientemente bem equilibrada para chegar a França com tudo bem afinado", começou por dizer, prosseguindo:

"O que vamos fazer com os jogadores neste espaço de tempo é assegurar que se sentem bem. A primeira semana será em regime livre, de 23 a 28, em que os jogadores não estão em hotel. Podem ficar onde quiserem. Sozinhos ou acompanhados, não tenho nada a ver com isso. É como um clube, com treinos diários ou bidiários. Almoçam e jantam onde quiserem. Depois vamos procurar dias e noites livres, de maneira a que os jogadores possam descomprimir. O último será antes de partir. Antes disso, está no programa alguns momentos para irem às suas casas, estar com as suas famílias, porque caso contrário vamos cansar-nos uns dos outros. Vamos procurar que funcione com rigor, aplicação e concrentação, mas isso não hávera sem liberdade para os jogadores descomprimirem", admitiu.

2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.