Fernando Santos: «Não temos essa presunção de ser favoritos»

Assegura que a ambição é essa, mas nunca se afirma como tal

• Foto: LUSA

Conforme tem sido o seu discurso habitual, Fernando Santos voltou a assegurar que Portugal vai ao Euro'2016 com ambição de ganhar a prova, mas deixa claro que não há no grupo português presunção de que somos favoritos a essa conquista.

"O que posso dizer é relembrar o que disse no primeiro dia. Acredito - e todos acreditamos - que podemos chegar à final e podemos vencer. Não é fé, é acreditar. Eu acredito que é possível. Vamos trabalhar e fazer tudo para alcançar. Portugal não sai como favorito. Não temos essa presunção de ser favoritos. Nunca o afirmámos. Mas ao longo do tempo ouviram que temos a ambição por esse objetivo. Começamos naquele momento inicial, em que queríamos chegar em primeiro. Depois era chegar lá em primeiro. Estamos embuídos desse espírito. Não preciso de repetir. Se ouvires os discursos de alguns deles, até alguns que não estão. O Danny, por exemplo, disse recentemente que acredita também. E todos os que passaram tinham esse objetivo e continuam a ter. Sem presunção e com capacidade para saber o que temos de fazer. Se tivéssemos presunção de ser favoritos, não íamos ganhar nada. Temos qualidade, ambição e capacidade para defrontar qualque rum. Se acreditamos nisso, porque não acreditamos que podemos vencer e ser campeões?", questionou o selecionador nacional.

Apoio dos emigrantes é para aproveitar

País com uma grande presença portuguesa, França será o palco deste Europeu, um fator que Fernando Santos quer aproveitar.

"Espero ter um apoio fortíssimo dos emigrantes, mas também do que vão de cá para lá. Vão estar lá muitos, mas seremos onze milhões, não tenho dúvidas. Uns não podem ir até França, mas sei que seria um sonho par amuitos. Vou procurar concretizar os sonhos de alguns. Mais de meio milhão está em França e sei que todos gostariam de estar com os jogadores, mas vão ter decompreender que nem sempre é possível. Mesmo assim, adianto que um treino será aberto, para que possam estar com os seus idolos. É importante para eles e para os jogadores sentir esse carinho por parte dos portugueses", concluiu.

Por Fábio Lima
4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.