Governo francês diz que segurança será a prioridade no Europeu

Risco terrorista entre as preocupações

• Foto: Reuters

O secretário de estado do desporto francês, Thierry Braillard, disse esta quinta-feira que a segurança será a maior prioridade para o Campeonato da Europa, que decorrerá em França entre 10 de junho e 10 de julho.

"Seja nos estádios, nos alojamentos das 24 seleções ou nas 'fun zones', tudo está a ser feito para que toda segurança seja a ideal", garantiu Thierry Braillard, dois dias depois dos atentados em Bruxelas, que provocaram 31 mortos e 270 feridos, de acordo com o último balanço.

Em Marselha, que acolherá seis jogos do Euro'2016, Braillard insistiu que a "segurança será a prioridade" da prova e que o "risco terrorista" já tinha sido considerado quando os responsáveis franceses começaram a trabalhar na organização.

O chefe da polícia de Marselha, Laurent Nunez, acrescentou que "o risco terrorista não era nada de novo" e que as preocupações vão também focar-se nas 'fun zones', onde são esperados, naquela cidade francesa, cerca de 680.000 adeptos.

Os atentados em Bruxelas foram reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico, também conhecido por Daesh, num comunicado em que ameaçou os países que combatem os jihadistas com ataques "mais duros e mais amargos".

O nível de alerta terrorista na Bélgica foi elevado para quatro, o máximo da escala.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Euro 2016

Notícias

Notícias Mais Vistas