Joachim Löw desvaloriza ‘seca’ de Thomas Müller

Realça capacidade de trabalho do atacante

• Foto: Reuters

A Mannschaft não costuma ficar em branco – só mesmo na cor da camisola –, mas a verdade é que não conseguiu encontrar o caminho para a baliza da Polónia, em Saint-Denis. O olhar dos adeptos vira-se, naturalmente, para Thomas Müller, que nunca marcou ou fez uma assistência nos sete jogos realizados em Europeus, cinco no de 2012 e dois no de 2016.

Joachim Löw desvaloriza esse registo, preferindo realçar a capacidade de trabalho do atacante. "Não é habitual nele, isso é uma realidade, embora não seja menos verdade que no Bayern também fica, por vezes, um ou dois jogos sem faturar. Porém, é preferível passar por cima dessa questão e reparar naquilo que ele faz ao longo dos 90 minutos. Trabalha imenso, tanto ofensiva como defensivamente. Não marca mas cria ocasiões para outros o fazerem", referiu o selecionador da Alemanha, que compareceu ontem – dia de folga do conjunto germânico – na sala de imprensa para, entre outras coisas, defender o atacante.

O treinador minimiza igualmente o problema físico de Boateng. "Tem uma pequena lesão. Tenciono lançá-lo na terça-feira, frente à Irlanda do Norte", afirmou Joachim Löw, dando a entender que fará alterações no onze. A campanha da Espanha é merecedora de comentários elogiosos. "Tem uma equipa de grande classe. Isso sempre foi assim, não é de agora...", vincou o técnico.

Por Nuno Pombo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.