Presidente do comité organizador desconhece ameaças concretas de terrorismo

Reconhece que ameaça terrorista forçou a mudar planos

O presidente do comité organizador do Euro'2016, Jacques Lambert, disse esta quarta-feira que desconhece "ameaças concretas" contra a prova que se inicia na sexta-feira, mas reconheceu que a ameaça terrorista o forçou "a mudar muitos planos".

"Não temos conhecimento de ameaças concretas a um estádio ou a um jogo em particular", afirmou Lambert, depois de o Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido ter lançado uma mensagem de alerta aos compatriotas que viajem para França durante a competição, na qual os aconselha a que "estejam vigilantes perante a forte ameaça de grupos islamistas".

Na conferência de imprensa que decorreu no Stade de France, em Saint-Denis, Lambert qualificou a mensagem diplomática britânica, que conta com três seleções no Euro2016, Inglaterra, País de Gales e Irlanda do Norte, como "uma mera precaução".

"Dadas as ameaças lançadas por grupos terroristas islamistas sobre a França e a recente intervenção do exército francês contra o Estado Islâmico, o Governo francês reforçou as medidas de segurança e preveniu os visitantes para que sejam particularmente vigilantes", assinalou o Ministério da Relaçõe Exteriores do Reino Unido na sua página na internet.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.