Rooney em 'guerra' verbal com Bale

O avançado inglês não gostou de ouvir o galês dizer que a sua equipa não jogava com orgulho

• Foto: Reuters

Esta quinta-feira, a Inglaterra defronta o País de Gales e tem de ir à procura da vitória, depois do empate (1-1) com a Rússia e da vitória dos galeses sobre a Eslováquia. Mas enquanto o duelo não começa no relvado, já há uma ‘guerra’ verbal fora dele. O capitão da seleção inglesa, Wayne Rooney, não gostou de ouvir as palavras de Gareth Bale, que comparou as duas equipas e considerou que a sua atua com "maior orgulho" [ver caixa].

Ora, Rooney não se ficou e respondeu ao jogador do Real Madrid. "O que ele diz fica com ele. Tenho a certeza de que os meus companheiros pensam de maneira diferente. Ele é certamente um galês orgulhoso, mas nós também somos ingleses orgulhosos. Aliás, temos de ter orgulho por jogar pelo nosso país, caso contrário não estaríamos aqui. Vai ser um grande jogo, mas nós temos de recuperar do empate com a Rússia", referiu Rooney, de 30 anos.

Ainda assim, o avançado que, quando terminar o Europeu, vai servir sob as ordens de José Mourinho no Manchester United, não deixou de elogiar Bale. "Ele é um jogador fantástico, um dos cinco melhores do Mundo, e vai ser uma das maiores ameaças do País de Gales. Mas não creio que o nosso selecionador mande alguém fazer marcação individual ao Bale. Temos é de fazer o nosso jogo e mais nada", acrescentou.

Defesa preocupa

Em Inglaterra, o que está a preocupar os analistas é a defesa da seleção. Apesar de os jogadores que a compõem serem considerados bem mais tecnicistas que os seus predecessores, há quem ressalve que falham naquilo que interessa mais: defender. Veremos como se comportam com Bale e companhia.

Por Luís Milhano
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.