Roy Keane pede mais... abraços

Adjunto irónico quanto aos festejos ante a Itália

Confrontado com as celebrações do apuramento para os ‘oitavos’, após o triunfo diante de Itália, Roy Keane, adjunto da seleção irlandesa, garantiu que os abraços aos adversários italianos não são nada anormais.

"Chama-se ser feliz! Deviam tentar isso às vezes. Estou sempre a abraçar pessoas, o meu cão, a minha família. Ou se está muito feliz ou muito triste... Deixem-nos ganhar!", atirou

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.