Seis adeptos russos colocados sob custódia em Nice e Marselha

Autoridades justificam que são uma ameaça à ordem pública

• Foto: Reuters

Seis adeptos russos foram esta terça-feira detidos no sudeste de França e colocados nos centros de Nice e Marselha, por se considerar que são uma ameaça à ordem pública, indicaram as autoridades francesas.

O cônsul da Rússia em Marselha chegou a Mandelieu-la-Napoule, para se encontrar com outros 35 russos, três dos quais motoristas, que se recusavam a abandonar o autocarro estacionado na localidade.

"Temos indicadores suficientes quanto à participação de alguns deles em atos de violência inaceitáveis", ocorridos no sábado em Marselha, por ocasião do Rússia-Inglaterra, salientou o responsável da polícia dos Alpes-Marítimos, Adolphe Colrat [na foto].

O mesmo disse que não está excluída a hipótese de alguns destes adeptos ficarem em custódia, no âmbito da investigação aos incidentes de sábado.

Face à recusa em colaborarem com as autoridades, o tribunal local decidiu manter os adeptos no autocarro, com o objetivo de verificar as suas identidades, com a polícia a contar com a colaboração de dois adjuntos do ministro russo dos desportos.

A operação de controlo e verificação decorreu em colaboração com a Divisão Nacional de luta contra o 'hooliganismo', à procura de adeptos de "alto risco".

Quatro adeptos foram conduzidos ao centro de detenção em Nice e dois a Marselha, uma medida adotada nos casos em que os implicados são apontados como ameaças à ordem pública e que pode levar à sua expulsão do país, mesmo que não estejam diretamente ligados aos incidentes de sábado.

Ao longo de todo o fim de semana, antes, durante e depois do jogo, registaram-se vários incidentes violentos em Marselha, implicando adeptos russos, ingleses e franceses. Na segunda-feira, 10 pessoas foram julgadas por envolvimento nos confrontos e condenadas a penas até um ano de prisão, mas nenhum russo foi detido.

Os incidentes provocaram 35 feridos, quase todos ingleses. O mais grave permanecia em estado crítico na segunda-feira, mas estável, segundo o procurador de Marselha Brice Robin.

Hoje, a UEFA puniu a Rússia com desqualificação do Euro2016, com pena suspensa até final do torneio devido ao comportamento dos seus adeptos no estádio Vélodrome, durante o jogo com a Inglaterra. Esta decisão significa que a Rússia será excluída do torneio, em caso de reincidência

A Rússia integra o grupo B do Euro2016, juntamente com Inglaterra, Eslováquia e País de Gales.

Na quarta-feira, a Rússia enfrenta a Eslováquia em Lille, às 14 horas, enquanto a Inglaterra joga com os galeses na quinta-feira, em Toulouse, às 20 horas.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.