Suzanna de La Fuente: «Estamos preparados para ser a capital do futebol europeu»

Autarca portuguesa responsável por Saint-Denis

• Foto: Reuters

A lusodescendente e política local Suzanna de La Fuente considerou, este sábado, que a cidade de Saint-Denis está preparada para ser "a capital do futebol europeu" no domingo, na final do Euro'2016 entre Portugal e França.

"Estamos preparados para ser a capital do futebol europeu como já fomos a capital do futebol no Mundial de 98. É uma cidade jovem, com muitos desportistas e estamos muito felizes por acolher este campeonato europeu", afirmou à Lusa Suzanna de La Fuente, vereadora encarregue do bairro Plaine, onde está localizado o Stade de France.

Saint-Denis é uma cidade onde moram imensos portugueses e o Stade de France foi um dos alvos dos ataques terroristas de 13 de novembro do ano passado, mas para Suzanne de La Fuente "em termos de segurança está tudo pronto para que as pessoas fiquem seguras".

"Claro que o risco zero não existe, mas estive na Fan Zone de Saint-Denis e as pessoas estavam felizes. Estamos confiantes e as pessoas procuram não pensar muito no que se passou e dizem que vai tudo correr bem. Este Euro teve um dispositivo de segurança muito rigoroso, com perímetros de segurança muito largos e o dispositivo está ainda mais reforçado", explicou, quando questionada sobre se o facto de a França jogar na final não constitui um fator de risco suplementar.

Além de ter sido palco de um dos atentados de 13 de novembro - em que morreu um português quando um 'kamikaze' se fez explodir junto ao estádio - foi em Saint-Denis que se escondeu aquele que tinha sido apresentado como um dos presumíveis cérebros dos atentados de 13 de novembro, Abdelhamid Abaaoud, o qual morreu durante o assalto da polícia, a 18 de novembro, ao apartamento onde ele e outros se escondiam.

"Em termos mediáticos, os habitantes de Saint-Denis foram estigmatizados porque os terroristas estiveram escondidos na cidade. Mas entre os terroristas não havia residentes da cidade, eles limitaram-se a usar a cidade como um local de passagem", sublinhou Suzanna de La Fuente.

A franco-portuguesa vai assistir ao jogo na Fan Zone da cidade, junto dos residentes - ainda que o filho e o marido tenham decidido ver o jogo no Stade de France, "a dez minutos de casa" - e vai "vestir uma t-shirt de Portugal e colocar maquilhagem com as cores de França" porque é "francesa e portuguesa".

Suzanna nasceu em Aubagne, no sul de França, e o apelido espanhol - de La Fuente - vem do marido, mas as raízes familiares estão em Espinho, de onde emigrou a mãe, no início dos anos 1970. Por isso, considera que já é campeã europeia, quer ganhe a França, quer ganhe Portugal.

"Tenho filhos que gostam muito de futebol e me ensinaram muito. Desde o início que eles dizem que França e Portugal iam estar juntos na final. Os meus filhos estão como eu, contentes por França e por Portugal. Domingo estaremos da mesma maneira: com as cores de Portugal e de França", concluiu a franco-portuguesa.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.