Um abraço especial de Ricardo Carvalho

Uma conversa em 'off'

• Foto: EPA

Esta foi uma conversa ‘off’ entre um jornalista e um jogador da Seleção Nacional que não posso deixar de publicar. Ao sair da conferência de imprensa, no estádio de Lyon a caminho da sala de imprensa, encontrei, do outro lado do gradeamento, Ricardo Carvalho. Estava à conversa com uma pessoa amiga, mas quando me viu veio ao meu encontro e deu-me um abraço. Daqueles abraços, apertados, silenciosos, que dizem tudo. Fiquei com medo que desatássemos a chorar de alegria, mas isso ficou prometido para domingo à noite, no Stade de France.

Depois, com um suspiro vindo do fundo da alma, segredou-me: "O que eu sofri para aqui chegar, amigo!" De imediato, não querendo que interpretasse mal as suas palavras, emendou: "O que todos sofremos!"

Mas, caro Ricardo Carvalho, eu e tu e muito mais gente sabemos que o teu desabafo é real. O que tu sofreste para aqui chegar, aos 38 anos, 12 anos depois daquele lance na final de Lisboa em que tu e o Costinha se distraíram com a marcação ao Charisteas e deixaram o grego fazer o golo que matou o nosso sonho…

Pelo caminho, sabes tu e sabemos todos nós, continuaste a ser um gigante, mas também tiveste episódios de que mais tarde te arrependerias, como aquele com Paulo Bento, em Óbidos. E por isso falhaste o Euro’2012 e o Mundial’2014.

Fernando Santos acreditou em ti e foi chamar-te para seres o mais velhote de todos os portugueses que já disputaram uma fase final. "O míster é o grande obreiro disto tudo. E a equipa está fantástica! Novos e velhos, todos unidos. É incrível. E eu aqui!"

Ricardo Carvalho foi-se embora, após novo abraço, este mais rápido e descontraído e fiquei a pensar: "o que ele andou para aqui chegar!"

Por José Carlos Freitas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0