Zinchenko: «Temos mais dois jogos pela frente e muita vontade de os vencer»

Jovem médio ofensivo esquece derrota frente à Alemanha

• Foto: EPA

A estreia pela Ucrânia em grandes competições teve um sabor agridoce para Oleksandr Zinchenko. Por um lado, ficará na história como o mais jovem de sempre a jogar pela seleção do seu país, por outro saiu frustrado pela derrota diante da Alemanha (0-2).

"Quando se entra em campo para fazer aquilo que se gosta não importa qual é o adversário. Sim, era a poderosa Alemanha, que é uma 'máquina'. Tentei dar mais velocidade e criatividade ao ataque, pois estávamos a perder, mas, infelizmente, não consegui resultados", reconheceu o médio ofensivo, que se estreou na seleção principal ucraniana ao 19 anos e 179 dias de idade.

"Mas não podemos baixar a cabeça, temos de olhar em frente. Temos mais dois jogos pela frente e muita vontade de os vencer", acrescentou Zinchenko, que entrou aos 74 minutos para o lugar de Viktor Kovalenko, referindo-se ao próximo embate no Grupo C, frente à Irlanda do Norte, quarta-feira.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2016

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.