Federação suíça questiona realização do Europeu em 12 cidades: «Dificilmente se poderá realizar»

Dominique Blanc considera que covid-19 obriga a alterações na prova

O presidente da Federação Suíça de Futebol (ASF) afirmou esta terça-feira que "dificilmente" a fase final do Campeonato da Europa de futebol poderá decorrer em 12 cidades de 12 países, como está previsto, devido à pandemia de covid-19.

"Devido à atual situação sanitária e às restrições nas viagens, penso, a título pessoal, que uma prova espalhada por vários países da Europa dificilmente se poderá realizar", afirmou Dominique Blanc, à imprensa suíça.

No entanto, o responsável federativo afirmou estar convencido que a competição, adiada de 2020 para o verão de 2021, vai realizar-se, porque as medidas de segurança previstas "já foram testadas e aprovadas".

Blanc admitiu várias hipóteses, como a realização da prova num único país, ou apenas em uma cidade, com capacidade para acolher os seis grupos, como Londres, que atualmente vive um aumento significativo de infeções pelo novo coronavírus.

O presidente da ASF considerou ainda que a prova, na qual Portugal defende o título europeu conquistado em 2016, deve decorrer sem público.

Por Lusa
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2020

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.