Grupo A
Grupo B
Grupo C
Grupo D
Grupo E
Grupo F

Mãe de Bruno Fernandes: «Até a dormir gritava para que lhe passassem a bola»

Virgínia Borges recorda exemplos do início da carreira do jogador

A mãe de Bruno Fernandes, Virgínia Borges, concedeu uma entrevista ao 'Canal 11', em que confessou que se arrepende de um momento na carreira do seu filho. O médio do Manchester United saiu muito novo para Itália.

"Foi muito duro, porque digo muitas vezes que a única coisa que me arrependo é de não ter podido ir com ele. Mas, tinha dois filhos cá. Por vezes ligava-me a chorar e a dizer que queria vir embora, mas dizia-lhe que foi aquilo que ele escolheu e nos dias seguintes já tinha passado a tristeza. Sempre o apoiamos nessa sua decisão", revelou.

Depois da derrota na final da Liga Europa, os ecrãs foram invadidos com as imagens de Bruno Fernandes a chorar e Virgínia disse que é normal no seu filho, dando exemplos do início da carreira.

"Quando tinha jogos mais complicados não dormia. Nas escolinhas tinha de sair de casa às 6h e ouvia barulho às 4h e ele já estava em frente ao computador para não adormecer, para garantir que não se atrasava. A ansiedade não o deixava dormir. No Boavista, por vezes goleavam por 10 ou 12 e ele nunca ficava satisfeito. Até a dormir gritava para que lhe passassem a bola", destacou e sobre o mau perder do filho acrescentou: "Cheguei a vê-lo assim em jogos das camadas jovens. Chegava a casa e atirava com o saco, fechava-se no quarto. Sabíamos que quando perdia tínhamos de lhe dar algum espaço. Nunca soube perder!"

Nesse período da formação, no Boavista, há uma história engraçada que Virgínia contou: "Houve um momento, ainda eram muito novos, em que havia equipas mistas e nos treinos ele dava sempre tudo. O treinador gritava para ele tivesse cuidado que eram meninas e ele respondia: 'Se não aguenta ficasse em casa'. Sempre foi muito competitivo."

Por Luís Magalhães
11
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2020

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.