Grupo A
Grupo B
Grupo C
Grupo D
Grupo E
Grupo F

Quim: «Com Fernando Santos habituámo-nos a sair por cima»

Ex-guarda-redes de Portugal confiante, mesmo com grupo "difícil e muito equilibrado"

• Foto: Movenotícias
O ex-guarda-redes internacional português Quim acredita que Portugal tem condições para se apurar no grupo do Euro'2020, face à capacidade do selecionador Fernando Santos em atingir resultados "com maior ou menor dificuldade".

"Sabemos que será um grupo difícil, muito equilibrado, mas acredito que temos qualidade para passar à fase seguinte. O Fernando Santos habituou-nos a resultados, em jogos complicados conseguimos sair sempre por cima, com maior ou menor dificuldade", afirmou o antigo guardião, em entrevista à agência Lusa.

Portugal, campeão europeu em título, vai ter pela frente um grupo com as poderosas França e Alemanha, além da Hungria, mas nem isso afasta a convicção do ex-jogador, que participou nos europeus de 2000 e 2004, e no Mundial de 2006.

"Todas as seleções que estão no Campeonato da Europa são muito fortes. Às vezes, com seleções teoricamente mais acessíveis, vemos Portugal facilitar. Mas, contra seleções de maior ranking, também já vimos as coisas a correrem melhor. Não há jogos fáceis, todos são difíceis. Foi o sorteio que calhou, é assim que temos de enfrentar e, sendo seleções muito fortes, acredito que Portugal pode ficar apurado para fase seguinte", disse.

O ex-guarda-redes de Sporting de Braga, Benfica e Desportivo das Aves salientou o percurso de Portugal nos últimos anos e considerou que "qualquer jogador pode sobressair" na equipa das quinas.

"Felizmente, as coisas têm corrido bem. Individualmente, somos uma equipa muito forte, qualquer jogador pode sobressair e fazer a diferença. Temos de partir nesse sentido, de jogo a jogo. Nesta primeira fase, a primeira opção será passar à fase seguinte, passar estes três jogos", observou o ex-guardião, que contabilizou 32 internacionalizações ao longo da carreira.

Portugal, que é o detentor do troféu, integra o Grupo F do Euro'2020, juntamente com Hungria, Alemanha e França, tendo estreia marcada na competição para 15 de junho, diante dos húngaros, em Budapeste, antes de defrontar os germânicos, em 19, em Munique, e os franceses, em 23, novamente na capital magiar.

O Euro'2020, que foi adiado para este ano devido à pandemia de covid-19, realiza-se em 11 cidades de 11 países diferentes, entre 11 de junho e 11 de julho.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2020

Notícias