Grupo A
Grupo B
Grupo C
Grupo D
Grupo E
Grupo F

Selecionador de Israel e o duelo com Portugal: «Vão querer demonstrar que são muito fortes»

Willibald Ruttensteiner espera dificuldades no particular de amanhã em Alvalade

• Foto: FPF

O selecionador de Israel considerou esta terça-feira que Portugal vai querer demonstrar a sua força no particular de quarta-feira, antes do início do Euro'2020, num jogo importante para os israelitas prepararem a qualificação para o Mundial.

"A seleção e o selecionador vão querer demonstrar que Portugal é muito forte, mas, por outro lado, também queria ter um adversário forte, pois podemos aprender com o resultado deste jogo e ver como estamos. É importante para os jogos de qualificação em setembro, do Campeonato do Mundo", realçou Willibald Ruttensteiner, em conferência de imprensa de antevisão, no estádio José Alvalade, em Lisboa.

O técnico austríaco afirmou que representa uma "grande motivação e honra" estar em Portugal e ter a possibilidade de jogar diante de uma equipa "com uma excelente história".

"Tentei encontrar algumas fraquezas em Portugal, para estarmos preparados para o jogo e fazermos o nosso melhor. Seria um ótimo resultado se visse os jogadores a darem 100% e estar muito fortes como seleção. Depois, o resultado aparecerá", disse.

Ruttensteiner, que se encontra na seleção israelita desde 2018, enquanto coordenador técnico, cargo que ocupava na Áustria desde 2000, e assumiu o cargo de selecionador no ano passado, rejeitou destacar futebolistas portugueses, naquilo que seria um "erro terrível", apelidou, pois têm "três ou quatro de classe mundial" em todas as posições.

"Se conseguirmos fazer um bom jogo, podemos retirar algumas conclusões positivas disto. Estou a pensar no resultado, mas também no processo durante o jogo. Os jogadores estão muito motivados", expressou, acrescentando: "Focámo-nos no nosso trabalho e não tanto em Montenegro e Portugal. Levo para a frente a minha filosofia".

No sábado, Israel derrotou Montenegro, por 3-1, também num particular, mas Willibald Ruttensteiner, de 58 anos, realçou que serão jogos "totalmente diferentes", no qual Israel terá de ter "outro comportamento" frente à equipa das 'quinas'.

Após um período "muito emocionante e difícil", assente no conflito entre Israel e o movimento islâmico palestiniano Hamas, Ruttensteiner afirmou que, enquanto oriundo da Áustria, país "pouco habituado a situações de guerra", torna-se "difícil compreender", mas procurou focar-se "na nação do futebol e na união da seleção".

Capitão diz que Portugal é candidato a ganhar o Euro

O capitão de equipa Bibras Natkho marcou igualmente presença no auditório do estádio José Alvalade, em Lisboa, 'palco' da partida, e apontou a seleção de Portugal como "uma das candidatas a ganhar o Europeu", por ser um país com "muito talento".

"Temos tido cada vez mais jovens jogadores a entrar. É um processo natural que acontece em todas as seleções. Os mais velhos dão o exemplo aos mais jovens, que se estão a preparar contra uma das melhores seleções da Europa, para ter o melhor resultado no jogo", disse o médio, de 33 anos, que alinha nos sérvios do Partizan.

O jogo particular de Portugal contra Israel está marcado para esta quarta-feira, às 19h45, no Estádio José Alvalade.

Portugal, que é o detentor do troféu, integra o Grupo F do Euro2020, juntamente com Hungria, Alemanha e França, tendo estreia marcada na competição para 15 de junho, diante dos húngaros, em Budapeste, antes de defrontar os germânicos, em 19, em Munique, e os franceses, em 23, novamente na capital magiar.

O Euro'2020, que foi adiado para este ano devido à pandemia de covid-19, realiza-se em 11 cidades de 11 países diferentes, entre 11 de junho e 11 de julho.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Euro 2020

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.