Grupo A
Grupo B
Grupo C
Grupo D
Grupo E
Grupo F

Schmeichel e o Dinamarca-Finlândia: «UEFA deu três opções... uma delas abandonar e perder 3-0»

Ex-internacional dinamarquês e pai de Kasper Schmeichel, atual titular da seleção, teceu duras críticas ao organismo

• Foto: Action Images

Peter Schmeichel, antigo guarda-redes do Sporting e internacional dinamarquês, revelou esta segunda-feira os cenários que a UEFA colocou em cima da mesa aos jogadores dinamarqueses na sequência do colapso de Eriksen no jogo frente à Finlândia.

"Ontem, eu vi a nota oficial da UEFA que dizia que estavam a seguir a vontade dos jogadores, que insistiram em jogar. Eu sei que isso não é verdade. A UEFA deu-lhes três opções: a primeira foi jogar imediatamente e acabar os restantes 50 minutos que ainda faltam do encontro; a segunda foi recomeçar a partida ao meio-dia de domingo; a terceira foi abandonar o jogo e perder 3-0. O que realmente é importante aqui ressalvar é: será que os jogadores queriam mesmo jogar ou não tiveram outra opção? Eu não penso que tenham tido. O próprio selecionador disse que lamentava, na conferência de imprensa depois do jogo, o facto de os jogadores terem de entrar em campo outra vez", atirou, em declarações ao 'Good Morning Britain'.

O pai de Kasper Schmeichel, atual guarda-redes do Leicester e titular da seleção, deixou ainda duras críticas ao organismo. "Algo de terrível acaba de acontecer e a UEFA propõe a retomar o jogo ou voltar no dia seguinte ao meio-dia. Que opção é essa? O resultado não tem nenhuma importância nestas situações. Como é que eles poderiam jogar?", acrescentou.

Por Record
5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Dinamarca

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.