Grupo A
Grupo B
Grupo C
Grupo D
Grupo E
Grupo F

Diogo Jota após a derrota em Munique: «Fomos infelizes em certos momentos»

Avançado assistiu e marcou diante de Alemanha

• Foto: Lusa/EPA

A Seleção Nacional perdeu, este sábado, diante da Alemanha em Munique. Portugal poderia ter carimbado a passagem aos 'oitavos', mas o resultado adiou as contas para o último jogo da fase de grupos. Diogo Jota foi titular no onze de Fernando Santos, assistiu Cristiano Ronaldo para o 1-0 e marcou o segundo golo português, sendo substituído aos 83 minutos, para dar lugar a André Silva.

"Até começámos bem, aproveitando uma transição rápida para fazer o 1-0 mas eles conseguiram sempre empurrar-nos para trás, utilizaram cruzamentos fortes e rápidos tentando surpreender e fizemos dois autogolos, provocando a reviravolta contra nós. Depois é sempre difícil, a jogar em casa com posse de bola e fazer-nos desesperar. Fizeram mais dois golos, nós fizemos um e estivemos perto de fazer outro mas não levámos pontos daqui. Resta-nos mais um jogo para tentar a qualificação", frisou o avançado de 24 anos, após o encontro.

"Quando as coisas não correm é mais fácil detetar os erros, digamos assim. Fomos infelizes em certos momentos. Não fomos suficientemente audazes na pressão para condicionar os alemães. Demos o nosso melhor. Agora é olhar para o próximo jogo", continou.

Sobre as contas para a próxima fase, o internacional assumiu que se complicaram. "Sim. Queríamos ganhar para garantir a qualificação. Nada está perdido", concluiu.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Portugal

Notícias