Grupo A
Grupo B
Grupo C
Grupo D
Grupo E
Grupo F

Fernando Santos: «Queremos a Lua todos os dias, mas eu quero é seguir em frente»

Selecionador nacional fala em "vitória justa" da Alemanha e admite que Portugal cometeu "erros coletivos"

• Foto: Lusa/EPA

Fernando Santos considerou justa a vitória da Alemanha diante de Portugal. No final da partida, disputada em Munique, o selecionador nacional admitiu que a equipa das quinas cometeu erros defensivos que foram decisivos. 

"A Alemanha é uma das melhores equipas do Mundo. Achava que podia ganhar à Alemanha, como outras equipas que vêm aqui e acham isso. Começámos bem, com organização no jogo, a procurar sair e a conseguir ligações. Aproveitámos um contra-ataque e fizemos o 1-0. O jogo estava mais para o lado deles mas nós estávamos com segurança. Tivemos uma segunda chance em que podíamos fazer o segundo golo, não resultou. Acabaram eles por reagir com o defesa esquerdo, que já sabíamos que poderia causar perigo, fez um golo e duas assistências. A equipa baixou, recuou... Os jogadores tentaram, mas não conseguimos. Tentei alterar isso ao intervalo mas sofremos o 3º e o 4º golos da mesma forma. A equipa reagiu, chegou ao segundo golo e teve uma bola no poste. Foi uma vitória justa da Alemanha", considerou o selecionador nacional, em declarações à TVI24.

Erros

"Coletivamente defendemos mal. Quando o lateral-esquerdo está sempre em condições de fazer o que fez, algo falhou. A equipa começou a encostar muito atrás, a equipa baixou muito as linhas e isso criou-nos problemas. Agora é olhar para o jogo e falar com os jogadores. Limpar a cabeça e temos um jogo muito importante com a França."

Jogo com a França

"Eu quero é seguir em frente. Queremos a Lua todos os dias. Vou pensar com calma. Querer a Lua como queríamos neste jogo é perigoso para os meus jogadores. Se vencermos a França passamos, mas não só. Vamos ver, vamos olhar com calma e ver como vamos jogar."

Por Record
84
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Portugal

Notícias