Fernando Santos: «Ronaldo é isto. Todos sabem. É uma verdade de La Palice!»

Selecionador Nacional sublinha justiça da vitória frente à Suécia

Fernando Santos estava naturalmente feliz após a vitória por 2-0 sobre a Suécia, que dá a liderança do Grupo 3 da Liga das Nações a Portugal.

"Nos primeiros 20 minutos tivemos muita dificuldade, não conseguimos acertar com a forma deles de jogar. Não conseguimos acertar com aquele jogo longo, a aproximação dos médios à segunda bola. Tivemos muita dificuldade em controlar essas ações. Não ganhámos as segundas bolas e, quando tínhamos bola, estávamos a perdê-la com alguma facilidade. Permitimos sempre, nesses primeiros minutos, que a Suécia fosse melhor. Depois, começámos a melhorar, a ter bola, a obrigar os suecos a correr atrás dela. E o jogo tornou-se mais fácil para nós. Anulámos essa possibilidade de eles fazer um jogo mais longo e ficou mais equilibrado o encontro, até com algum ascendente nosso. Depois tivemos a questão do Bernardo, a saída dele, é uma substituição forçada. Percebi que íamos ter mais dificuldade porque teria de aparecer algum cansaço. Obviamente que a expulsão foi fundamental neste jogo, apesar de acreditar que Portugal venceria na mesma, que encontraria os antídotos para ganhar. Acho que a expulsão ajudou por um lado, mas já estávamos a ter oportunidades de golo. Acho que a vitória é justa e isso não é questão. Acho que não foi uma exibição tão conseguida quanto isso, mas controlámos o jogo. Faltou-nos imprevisibilidade que estes jogadores têm para dar. Faltou imaginação. Se tivéssemos feito a bola circular mais rápido, podíamos ter construído um resultado diferente, mas o resultado foi justo", sublinhou o seleccionador, à RTP.

Fernando Santos já poucas palavras tem para descrever os feitos de Ronaldo, após mais um bis do avançado da Juventus.

"Ronaldo? Todos sabem. É uma verdade La Palice. Cristiano Ronaldo é isto!", atirou.

Apesar de Portugal e França já estarem isolados no topo do grupo, Fernando Santos não limita a luta pelo primeiro lugar às duas seleções.

"Contas do grupo? É jogo a jogo. Não acho que vá ser um duelo a dois com a França. A Croácia em casa vai sempre querer mostrar a sua qualidade. Mesmo a Suécia, vai continuar a lutar e a criar problemas. Olhando teoricamente, obviamente que se perspectiva que seja duelo entre Portugal e França. Mas, se não houver respeito pelo adversário, depois os jogos entre nós não vão resolver", concluiu.

Por Miguel Custódio
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga das Nações

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.