Ingleses tentam desforra

À porta ‘fechada’ devido a episódio vivido em 2015

• Foto: Action Images

Três meses após a eliminação nas meias-finais do Mundial’2018 às mãos da Croácia, a Inglaterra visita hoje o carrasco mas rejeita vinganças. "Não vemos o jogo de amanhã [hoje] como uma vingança. Será difícil. A qualidade da Croácia é alta e há que render o máximo", admitiu o selecionador inglês Gareth Southgate.

A Croácia é de má memória para os britânicos, tendo já impedido a Inglaterra de vencer um Mundial 52 anos depois e deixado os Três Leões de fora do Euro’2008. A eliminação na Rússia continua atravessada e até Maguire admitiu que não reviu o duelo de Moscovo. Inseridos no grupo 4 da Liga A da Liga das Nações, Croácia e Inglaterra têm zero pontos, após terem perdido com Espanha por 6-0 e 2-1, respetivamente, pelo que o jogo ganha importância acrescida.

"Será um encontro importante especialmente após a goleada da Espanha. É um teste difícil mas gostamos deste tipo de jogos", assegurou Modric, na antevisão, elogiando a renovada Inglaterra: "Os jovens têm qualidade."

Entre eles , Jadon Sancho salta à vista, podendo ser o primeiro jogador nascido após 2000 a atuar pela seleção britânica. "Fiquei surpreendido com a chamada. Até contei logo aos meus pais. Falei com Souhgate e elogiou as minhas qualidades", confessou o médio, de 18 anos, do Dortmund.

Suástica ‘fecha’ o estádio

A partida de hoje, em Rijeka, será uma novidade para Inglaterra pois irá ser realizada à porta fechada. E porquê? Bem, em... 2015, a UEFA puniu a Croácia com dois jogos à porta fechada poralguns adeptos terem desenhado uma suástica no campo que recebeu um duelo com Itália. Ainda assim, são esperados vários fãs ingleses na cidade, o que para Southgate daria mais cor ao encontro. "É algo novo para mim. Vai ser estranho para as equipas", destacou o inglês, de 48 anos.

Alemanha só pensa no triunfo

Entretanto, no que diz respeito ao grupo 1 da Liga A, a Alemanha visita amanhã a Holanda e ambas as formações ainda não venceram.

O avançado germânico Timo Werner só pensa na vitória. "Vai ser um encontro explosivo. Há que aproveitar as chances que falhámos nos dois últimos encontros", concluiu.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga das Nações

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.