Mancini e o empate frente à Alemanha: «Fomos uns passarinhos»

Selecionador de Itália diz que vai tentar "acelerar crescimento dos miúdos"

A inexperiente Itália travou (1-1) a Alemanha em Bolonha no jogo grande do Grupo 3 da Liga A. Roberto Mancini, timoneiro da squadra azzurra, cumpriu o que prometera... uma revolução! Donnarumma foi o único titular na Finalíssima (0-3 diante da Argentina) que manteve o lugar no onze. Além disso, Mancini promoveu seis estreias: Frattesi, Gnonto, Pobega, Dimarco, Cancellieri e Ricci. Desse sexteto só Frattesi foi titular, mas quem mais brilhou foi Gnonto, autor da assistência para o golo de Pellegrini (70’).

Gnonto tornou-se o primeiro jogador nascido em 2003 a atuar pela squadra azzurra. Passou a ser um dos 76 atletas já utilizados desde que Mancini chegou a 28 de maio de 2018. Kimmich (73’) igualou logo a seguir. "Fomos uns passarinhos ao permitir o empate logo depois de nos termos adiantado no marcador. Foi pena! Tentaremos acelerar o crescimento destes miúdos, pois a estrada é muito longa", disse Roberto Mancini.
Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga das Nações

Notícias

Notícias Mais Vistas