Roberto Mancini deixa Chiellini no banco e lança Acerbi a titular: «Estava sem óculos»

Selecionador de Itália justificou a troca com um lapso seu

• Foto: Reuters

A seleção de Itália empatou na sexta-feira frente à Bósnia (1-1), na jornada inaugural do grupo 1 da Liga A da Liga das Nações e se o resultado não era o que os adeptos italianos mais esperavam, a escolha de Roberto Mancini para a defesa surpreendeu ainda mais: Giorgio Chiellini ficou no banco e a titular jogou Francesco Acerbi. A explicação chegou no final do encontro.

"Foi minha culpa. Mostraram-me a escalação do onze e eu disse que sim, mas estava sem os óculos, não sabia que o Acerbi estava no lugar de Chiellini", afirmou Roberto Mancini, assumindo total responsabilidade pela troca.

"De qualquer forma, o plano era que cada um jogasse a titular um jogo. Perguntei a Giorgio se ele queria jogar hoje ou contra a Holanda, e ele me disse hoje, mas terá que mudar... Não é um erro grave, como se tivéssemos escolhido um defesa em vez de um guarda-redes, mas sim é um erro", disse.

Itália volta a jogar para a Liga das Nações na segunda-feira, desta vez frente à Holanda - líder do grupo A - e Chiellini deverá ser titular.

Por Marta Correia Azevedo
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga das Nações

Notícias

Notícias Mais Vistas