Ronaldo: «Três finais, quero ganhar duas»

Avançado já participou na final do Euro'04 e Euro'16 e quer agora conquistar Liga das Nações

• Foto:  José Reis / Movephoto 

Cristiano Ronaldo abriu o livro em entrevista, esta sexta-feira, ao site da UEFA e confessou-se "orgulhoso" pelo regresso à Seleção Nacional, para a Liga das Nações. "Vestir esta camisola é um grande orgulho e, obviamente, fazer parte desta competição é ainda mais especial. Estar também a fazer golos é a cereja no topo do bolo", reconheceu CR7. 

O hat trick do avançado da Juventus frente à Suíça catapultou Portugal para a final da Liga das Nações. "O segredo está na minha preparação e na minha ética de trabalho, visto que ainda me sinto bem, independentemente de ter 34 anos. O importante também é a cabeça, sentir-me motivado, contente e seguir o meu percurso como jogador, porque acho que ainda tenho muito para dar e sinto-me bem. Por tudo isso, o que eu quero é continuar nesta linha", referiu. 

Agora segue-se a Holanda, um adversário duro de roer. "Acho que é uma excelente seleção e tem jogado bastante bem. Já nos últimos tempos a tenho acompanhado e tem grandes jogadores, uns mais jovens, outros mais experientes, o que torna a equipa ainda mais forte. Sabemos que vai ser um adversário bastante difícil, mas acho que tanto Portugal como a Holanda querem fazer um grande jogo e espero que Portugal possa ganhar. Sabemos que vai ser complicado, mas as finais são mesmo assim", garantiu, confiante. 

A Liga das Nações proporcionou a terceira final de uma grande competição de seleções e Portugal pode desempatar as suas contas nos jogos decisivos, depois do perdido no Euro'2004 e a glória no Euro'2016. "Quando visto a camisola da Seleção para mim é um orgulho enorme e é uma sensação diferente do que é jogar nos clubes. É o nosso país, a minha família é portuguesa, os meus amigos são portugueses. Cresci em Portugal, por isso torna-se especial vestir a camisola da Seleção. E, obviamente, havendo troféus em disputa, ainda se torna mais especial. Assim foi com o Euro'2004, com o Euro'2016 e agora com esta competição", lembrou, prometendo empenho máximo para o jogo de domingo, no Estádio do Dragão.

"Três finais das quais espero ganhar duas, pois seria fantástico e estou com esperança. A equipa está otimista e jogamos em casa, por isso o que peço é que o estádio esteja bonito, com boa energia e que os adeptos passem essa energia para nós. Podem estar confiantes, porque vamos tentar dar o nosso melhor dentro de campo", finalizou.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga das Nações

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.